PUBLICIDADE
Topo

Fábio: "Se o Mano tivesse ficado, teríamos grande chance de nos recuperar"

Do UOL, em São Paulo

28/06/2020 04h00

A campanha que culminou no primeiro rebaixamento da história do Cruzeiro teve quatro técnicos no comando do clube, com Mano Menezes, Rogério Ceni, Abel Braga e Adílson Batista. Mas o goleiro Fábio acredita que o clube conseguiria se salvar caso Mano não tivesse saído.

Em entrevista ao programa Os Canalhas, com os jornalistas João Carlos Albuquerque e Rodrigo Viana, no UOL Esporte, o goleiro cruzeirense afirma que a saída do técnico que havia conquistado dois títulos consecutivos da Copa do Brasil pelo clube foi o fundamental para a queda em 2019.

"O maior erro no meu ponto de vista, eu acho que poderia ser diferente, foi a saída do Mano. Acho que se o Mano tivesse permanecido, acho que a gente tinha grande chance porque a gente já estava acostumado ao trabalho", afirma Fábio.

"Só que algumas situações de bastidores também prejudicaram muito o trabalho do Mano e o Mano, dez anos de futebol, conhece quando o negócio está ficando diferente, e optou por sair. Mas eu tinha muita fé, se o Mano permanecesse, acho que pelo que ele já conhecia do Cruzeiro, do grupo, pelo que ele já tinha feito nas duas últimas temporadas, eu acho que a gente tinha grande chance de voltar ao eixo se ele estivesse no comando", completa.

Fábio afirma também que os escândalos envolvendo os dirigentes do clube, como as denúncias de supostos crimes do ex-presidente Wagner Pires de Sá, do ex-vice de futebol Itair Machado e do ex-diretor Sérgio Nonato, afetaram o desempenho dos jogadores dentro de campo.

"Culminou com muitas situações de bastidores que foram diretamente influenciadores do que aconteceu nessa temporada de 2019, essas acusações, várias situações que refletiram diretamente dentro de campo. Esses escândalos, com certeza, foram as coisas que mais pesaram porque os outros adversários souberam usufruir desse momento que a gente carregava de pressão", afirma o goleiro.

Os Canalhas: Quando e onde?

O programa Os Canalhas vai ao ar toda semana em duas edições semanais, na terça-feira, às 14h, e na quinta-feira, às 18h, em transmissão ao vivo, ou gravado, disponível na home do UOL ou nos perfis do UOL Esporte no Youtube e no Facebook e Twitter, com os jornalistas João Carlos Albuquerque e Rodrigo Viana entrevistando personalidades importantes do esporte brasileiro. Inscreva-se no canal Os Canalhas no Youtube para conferir mais de João Carlos Albuquerque e Rodrigo Viana.