PUBLICIDADE
Topo

Dadá Maravilha: "Fiz 926 gols, mas fiquei mais famoso com as minhas frases"

Do UOL, em São Paulo

24/06/2020 04h00

Artilheiro do Campeonato Brasileiro três vezes atuando por Atlético-MG e Internacional, além de ser um dos dez jogadores que mais marcaram gols desde o primeiro nacional em 1959, o ex-centroavante Dario, o Dadá Maravilha, acabou se notabilizando pelas frases que criou e o tornaram um jogador folclórico no futebol brasileiro.

Em entrevista ao programa Os Canalhas, com os jornalistas João Carlos Albuquerque e Rodrigo Viana, o jogador que fez parte da seleção tricampeã mundial na Copa do Mundo de 1970 revela o que o motivou a criar as frases como "As três coisas que param no ar são o helicóptero, o beija-flor e o Dadá", ou "não me venha com a problemática, que eu tenho a solucionática".

"Eu fui um cara muito vaiado quando eu cheguei no Atlético-MG, os caras queriam me bater na rua, me chamavam de macaco, que eu era ruim, aquele negócio todo. Mas eu não desanimei, e batalhei, treinei, treinei, treinei e fiquei famoso", conta Dadá Maravilha.

"Mas aí eu conversando com o Lola, um amigão, um cracaço de bola, eu falei 'Lola, eu estou fazendo gol, mas ninguém olha para mim, ninguém fala de mim'. Aí o Lola falou assim 'você vai ter de inventar alguma coisa'. Eu falei 'Ah, para inventar? aí eu peguei e falei assim, já que eu estou fazendo gol e não estou famoso, aí eu comecei a fazer frases, falei 'vou fazer frases para ver se me consagro'. Eu fiz 926 gols e fiquei muito menos famoso do que com as minhas frases. Fiz tantos gols, mas as minhas frases é que o pessoal mais fala", completa o ex-jogador.

Os Canalhas: Quando e onde?

O programa Os Canalhas vai ao ar toda semana em duas edições semanais, na terça-feira, às 14h, e na quinta-feira, às 18h, em transmissão ao vivo, ou gravado, disponível na home do UOL ou nos perfis do UOL Esporte no Youtube e no Facebook e Twitter, com os jornalistas João Carlos Albuquerque e Rodrigo Viana entrevistando personalidades importantes do esporte brasileiro. Inscreva-se no canal Os Canalhas no Youtube para conferir mais de João Carlos Albuquerque e Rodrigo Viana.