PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Prescott erra no fim e San Francisco 49ers vence Dallas Cowboys

Esporte News Mundo (redacao@esportenewsmundo.com.br)

16/01/2022 23h39

Em jogo emocionante até o último segundo, o San Francisco 49ers venceu o Dallas Cowboy por 23 a 17 neste domingo (16), no AT&T Stadium. Com o resultado a equipe da Califórnia avançou às semifinais da Conferência Nacional (NFC) e vai encarar o Green Bay Packers, em dia e horário a confirmar. Para a equipe do Texas, a eliminação expôs as fragilidades da equipe, em especial na proteção a Dek Prescott. Apesar do ótimo trabalho defensivo dos 49ers, os Cowboys cometeram 89 faltas na partida, o que ajudou a minar os avanços ofensivos do time.

Quer ficar por dentro de tudo dos esportes americanos? Siga o Podcast Timeout no Spotify!

1º QUARTO

O ataque do San Franscisco 49ers começou o jogo trabalhando bem as jogadas. Jimmy Garoppolo fez chamadas alternadas entre corridas com Elijah Mitchell e passe com trio, Deebo Samuel, Travis Benjamin e Brandon Aiyuk. Com a equipe posicionada dentro da red zone, o quarterback aproveito o ótimo inicio de partida do running back para mais uma jogada terrestre que terminou dentro da end zone. Placar inaugurado: 7 a 0 para os 49ers.

O alto nível de concentração da linha ofensiva de San Francisco, também pode ser vista entre os defensores. O Dallas Cowboys foi ao ataque precisando de uma resposta rápida e à altura da primeira campanha ofensiva adversária, mas Dek Prescott teve dificuldades em conectar as tentativas de passe e na terceira descida sofreu o sack duplo de Nick Bosa e Samson Ebukan.

Siga o Esporte News Mundo no TwitterInstagram Facebook.

A última campanha ofensiva do primeiro período foi dos 49ers. O início, mais uma vez, foi promissor, com boa conexão de passe com Jauan Jennings e as corridas de Mitchell. Apesar do avanço até a linha de 30 jardas do campo ofensivo, a defesa dos Cowboys fez um ótimo trabalho e fez os adversários perderem jardas de avanço. San Francisco, então, foi para o field goal de 53 jardas, convertido por Robbie Gould: 10 a 0 para os 49ers.

2º QUARTO

Os problemas dos 15 minutos iniciais permaneceram para o Dallas no começo do segundo período. Dessa vez, no entanto, além do trabalho defensivo bem feito pelos 49ers, a linha ofensiva dos Cowboys passou a cometer inúmeras faltas, anulando qualquer avanço conquistado. O San Francisco aproveitou a oportunidade para pontuar, apesar de também não conseguir chegar à end zone.  Em mais um field goal chutado e convertido por Gould, dessa vez de 40 jardas, os visitantes abriram 13 a 0.

Com a desvantagem aumentando, os Cowboys precisavam reagir o quanto antes para buscar a virada no segundo tempo. A campanha ofensiva finalmente deu resultados, com Prescott se movimentando mais fora do pocket para conectar os passes com seus wide receivers. Na red zone, o QB fez ótimo lançamento para Amari Cooper marcar o primeiro touchdown da equipe no jogo e diminuir o prejuízo no placar: 13 a 7 San Francisco 49ers.

Na reta final do segundo período, os 49ers pontuaram novamente em um field goal de 52 jardas. Os Cowboys ainda tentaram chegar à end zone no último minuto do quarto, após uma ótima recepção, seguida de avanço de Dalton Schultz, mas a defesa de San Francisco impediu a continuidade da campanha. Fim do primeiro tempo: 16 a 7 para os 49ers.

3º QUARTO

Na volta do intervalo, o jogo teve as duas defesas fazendo ótimos trabalhos e com isso o confronto ficou baseado em alternâncias na posse de bola a cada campanha ofensiva mal sucedida. A caminho do final do terceiro quarto, Prescott resolveu arriscar em um lançamento, mas acabou interceptado por K'Waun Williams. Com a posse recuperada, Garoppolo deixou a bola com Samuel, que quebrou tackles e invadiu a end zone para fazer 23 a 7.

+ Tampa Bay Buccaneers atropela Philadelphia Eagles

Com pouco tempo no relógio, Prescott buscou reposicionar o seu ataque o mais próximos possível da end zone, com a ideia de marcar um touchdown logo nos primeiros minutos do quarto período. A estratégia não funcionou e, ao final do tempo, a equipe estava posicionada na linha 40 jardas do campo defensivo.

4º QUARTO

Prescott seguiu conectando passes, mas acabou errando as três tentativas e o ataque de Dallas saiu do campo para devolver a bola para os 49ers. No entanto, a jogada foi um fake punt, que foi bem executada e manteve os Cowboys com chances na partida. As esperanças dos donos da casa de encostarem no placar, terminou na jogada seguinte com mais um trabalho espetacular da defesa de San Francisco. Zuerlein foi para o field goal de 51 jardas e converteu: 23 a 10 para os visitantes.

A falta de concentração em qualquer esporte pode ser decisiva nos rumos de uma partida. Com o jogo nas mãos, bastava para San Francisco consumir o tempo no relógio e buscar uma última pontuação para confirmar a vitória. Mas Jimmy Garoppolo colocou os Cowboys de volta no duelo. O QB foi interceptado por Anthony Brown e Dallas começou nova campanha ofensiva na linha de 30 jardas do campo de ataque. Prescott fez apenas duas jogadas e colocou fogo no jogo: primeiro em passe rápido Lamb e, na sequência, ele mesmo colocou a bola debaixo do braço e correu para end zone. A virada histórica estava mais próxima para o Dallas Cowboys: 23 a 17 para os 49ers.

Os segundos finais da partida tornaram o resultado imprevisível. Os 49ers gastaram boa parte do tempo no relógio, mas não conseguiram, por centímetros, chegar ao first down na quarta descida. Com isso, Dallas retomou a posse de bola com 32 segundos no relógio. A última campanha da equipe começou muito bem com as jogadas aéreas de Lamb, Pollard e Schultz. Mas Dek Prescott escolheu uma péssima jogada faltando 10 segundos para o fim do jogo: ele avançou com a bola até a linha de 24 jardas do campo ofensivo, porém sem sair de campo. Com isso, o cronômetro zerou e San Francisco confirmou a vitória por 23 a 17, junto com a vaga nas semifinais da NFC.

Futebol