PUBLICIDADE
Topo

Futebol

O dia em que o América-MG de Yustrich derrubou o Flamengo de Zagallo

Esporte News Mundo (redacao@esportenewsmundo.com.br)

25/09/2021 17h13

É fato que o retrospecto entre América-MG e Flamengo não é positivo para os mineiros. Em 15 jogos disputados, apenas duas vitórias do Coelho que, no entanto, deu uma aula ao Rubro-Negro, no longínquo ano de 1972.

No Mineirão, de um lado estava o América-MG, comandado pelo ilustre e respeitado Yustrich que, inclusive, defendeu as cores do Flamengo. Do outro, os cariocas ostentavam nada mais, nada menos que Zagallo no banco de reservas, apenas dois anos depois do técnico ter se sagrado campeão mundial com o Brasil.

O favoritismo, claro, estava voltado aos cariocas, que possuíam uma escalação recheada, de nomes como Doval, Fio Maravilha e Paulo César Caju, além do Velho Lobo no comando. Contudo, tudo isso não foi suficiente para conter o ímpeto americano, que também possuía um bom escrete.

O TIME

Por Yustrich, o América-MG foi enfrentar o Flamengo com a tal escalação: Élcio, Luís Alberto, Vander, Pedro Omar e Augusto; Ely Mendes, Hélio e Juca Show; King Cândido, Cláudio Sapo e Tião. Do banco, saiu Nego, que também contribuiu para o triunfo.

OS GOLS

Logo aos dois minutos, o Alviverde abriu o placar com Tião, atacante matador da equipe. Depois, também no início do segundo tempo, aos oito, foi a vez de Ely Mendes balançar as redes do goleiro Renato, e garantir a vitória americana.

+De olho na Libertadores, Fla deve ter equipe alternativa contra o Coelho

Desde então, o América-MG nunca mais venceu o Flamengo dentro de Minas Gerais. A torcida verde e preta espera, agora, que o jejum seja quebrado em grande estilo, como foi o feito de Yustrich contra Zagallo.

.

Futebol