PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Retomada dos treinos no futebol argentino tem 20 jogadores com covid-19

O lateral do River Plate Gonzalo Montiel teve resultado positivo no teste para covid-19 no retorno dos treinos - Divulgação/River Plate
O lateral do River Plate Gonzalo Montiel teve resultado positivo no teste para covid-19 no retorno dos treinos Imagem: Divulgação/River Plate

11/08/2020 04h33

Buenos Aires, 10 ago (EFE).- Pelo menos 20 jogadores de dez clubes argentinos foram infectados pelo novo coronavírus, segundo informações divulgadas ontem por dirigentes do país vizinho no primeiro dia de treinos para o retorno do futebol local após a paralisação provocada pela pandemia da covid-19.

Boca Juniors, River Plate, Independiente, Vélez Sarsfield, Defensa y Justicia, Banfield, Argentinos Juniors, Godoy Cruz, Newell's Old Boys e Tigre, clube que caiu para a segunda divisão, mas que neste ano disputa a Taça Libertadores, têm pelo menos um caso positivo de covid-19 em seus elencos.

Foram afastados porque deram positivo: Agustín Almendra (Boca Juniors), Ezequiel Centurión e Gonzalo Montiel (River Plate), Mauro Molina e Fabricio Bustos (Independiente), Thiago Almada e Ricardo Álvarez (Vélez Sarsfield) e Maurico Duarte (Defensa y Justicia).

Também estão infectados Federico Torres, Franco Quinteros e Nicolás Linares (Banfield), Gabriel Florentín e Daniel Saggiomo (Argentinos Juniors), Valentín Burgoa, Agustín Álvarez, Marcelo Freites e Agustín Manzur (Godoy Cruz), Manuel Gunini (Newell's) e Diego Morales e Iván Bolaño (Tigre). A maioria dos infectados realizou o teste na última sexta-feira (7).

O River precisou excluir o lateral-direito Gonzalo Montiel do treino de ontem, o primeiro desde março, no último instante devido ao resultado do teste. "Montiel foi isolado preventivamente até o resultado do esfregaço feito hoje", relatou o clube.

Além de Boca e River, Racing Club, Defensa y Justicia e Tigre, que disputam a Libertadores, e San Lorenzo, Huracán, Vélez, Argentinos Juniors, Lanús, Banfield, Arsenal de Sarandí, Colón, Unión Santa Fé, Atlético Tucumán, Central Córdoba de Santiago del Estero e Godoy Cruz, que apresentou Diego Martínez como seu novo técnico, também retornaram nesta segunda-feira.

Hoje, o Gimnasia La Plata deve retomar as atividades. O técnico da equipe é Diego Maradona, a quem os médicos recomendaram não voltar a trabalhar por fazer parte do grupo de risco.

"Ele tem muitos fatores: excesso de peso, hipertensão, foi operado recentemente e está perto dos 60 anos", afirmou um de seus médicos, Pablo Del Compare, à emissora "Radio La Red" no domingo (9).

Futebol