PUBLICIDADE
Topo

MMA


MMA

Amanda Ribas recebe R$ 253 mil em prêmio bônus por batalha com Chookagian

Amanda Ribas - Mike Roach/Zuffa LLC/Zuffa LLC via Getty Images
Amanda Ribas Imagem: Mike Roach/Zuffa LLC/Zuffa LLC via Getty Images

Ag. Fight

15/05/2022 02h39

Amanda Ribas não conseguiu o resultado que almejava no octógono, mas, ao menos, voltou para a casa com o bolso cheio. No UFC Vegas 54, evento realizado neste sábado (14), a brasileira protagonizou uma verdadeira batalha com Katlyn Chookagian no peso-mosca (57 kg) e, mesmo derrotada, saiu com moral do duelo. Tanto que as atletas conquistaram o bônus de 'luta da noite'

O anúncio foi feito pela maior organização de MMA do mundo logo após o término do show. Dessa forma, Amanda faturou um cheque no valor de 50 mil dólares (cerca de R$ 253 mil). A brasileira, que ficou conhecida por atuar no peso-palha (52 kg), subiu para o peso-mosca, mediu forças com Chookagian, uma atleta maior e mais experiente, e ignorou a desvantagem física. A mineira viveu bons momentos no embate e até venceu na visão de um dos juízes laterais. Mas, para infelicidade da promessa do UFC, os outros dois profissionais enxergaram 'Blonde Fighter' como superior. Sendo assim, a americana levou a melhor por decisão dividida.

Ryan Spann foi premiado pela companhia com um dos bônus de 'performance da noite'. No 'co-main event', o americano enfrentou Ion Cutelaba e liquidou a fatura rapidamente. Ainda no primeiro round, 'Superman' aproveitou um descuido do moldavo, aplicou uma guilhotina e finalizou com pouco mais de dois minutos de luta. Com o triunfo, o atleta deve subir posições no ranking dos meio-pesados (93 kg) do UFC.

Por último, mas não menos importante, Manuel Torres também foi agraciado pela empresa com um dos bônus de 'performance da noite'. Em sua estreia no UFC, o mexicano, integrante do peso-leve (70 kg), não tomou conhecimento de Frank Camacho e nocauteou no primeiro round.

MMA