PUBLICIDADE
Topo

MMA


MMA

Charles 'Do Bronx' promete chocar o mundo e questiona o jogo de Poirier

Charles "Do Bronx" comemora o nocaute de Chandler no UFC 262 - Troy Taormina-USA TODAY Sports
Charles 'Do Bronx' comemora o nocaute de Chandler no UFC 262 Imagem: Troy Taormina-USA TODAY Sports

Ag. Fight

08/12/2021 10h16

Neste sábado (11), Charles 'Do Bronx' vai para a sua primeira defesa de cinturão do peso-leve (70 kg) do Ultimate, quando mede forças diante de Dustin Poirier, na luta principal do UFC 269, que acontece em Las Vegas (EUA). Entretanto, apesar do fato de ser campeão da categoria, o brasileiro tem sido apontado no meio do MMA como azarão no duelo, principalmente após o alto 'hype' que o seu adversário alcançou nos últimos meses.

Esta situação não é novidade na carreira de 'Do Bronx' e o brasileiro não se deixa abalar com com essa desconfiança, pelo contrário. Em entrevista exclusiva à reportagem da Ag. Fight, o lutador fez questão de rebater todos que vêm dizendo que ele será derrotado no sábado por Poirier e tratou de mandar um recado.

"Agora é uma nova era, a era do Charles 'Do Bronx'. O que eles falam ou deixam de falar... Em maio contrataram o Michael Chandler, o cara que ia me bater e eu o nocauteei de mão esquerda. Eu não falo, eu mostro. Eu falei que ia chocar o mundo em maio e vou chocar o mundo mais uma vez", disparou o brasileiro de 32 anos, antes de completar.

"Comecei a treinar com 12 anos, vim crescendo, aprendendo todos os dias. Então não faz diferença se eles acham que eu sou favorito ou não. A gente mostra no cage. Todos os caras que falaram que iam me bater se renderam, foram nocauteados ou finalizados e creio que dia 11 vai ser do mesmo jeito", finalizou o atleta da 'Chute Boxe/Diego Lima'.

Com a confiança em alta de que pode aumentar ainda mais sua série positiva no Ultimate, Charles analisou o combate contra Poirier. O brasileiro exaltou a sua evolução como lutador e questionou o jogo do atual número um do ranking da divisão.

"Vencendo ele aumenta ainda mais meu legado. Ele, é um cara duríssimo, merece todo respeito do mundo, mas agora o Charles não é só do jiu-jitsu, é do MMA e estou 100% pronto para essa luta. Acho que o Dustin não é um lutador de MMA completo, eu troco em pé, faço chão, wrestling, muay thai. Meu diferencial vai ser esse, eu sou completo. Ele não é completo na parte de chão, ele é mais do boxe. Ele tem um pouco de wrestling e o boxe, acho que a excelência dele é o boxe", completou o campeão dos leves.

Invicto há nove lutas, Charles 'Do Bronx' conquistou o cinturão peso-leve do Ultimate em sua última apresentação, ao nocautear Michael Chandler, no UFC 262, em maio deste ano. O atleta também é o recordista de vitórias por finalização na companhia, com 14.

MMA