PUBLICIDADE
Topo

MMA


MMA

Ex-campeão do UFC, Jon Jones revela estar sóbrio há 60 dias: "E contando"

Jon Jones é ex-campeão dos meio-pesados do UFC - Jeff Bottari/Zuffa LLC/Getty Images
Jon Jones é ex-campeão dos meio-pesados do UFC Imagem: Jeff Bottari/Zuffa LLC/Getty Images

Ag. Fight

21/11/2021 16h25

Depois de enfrentar, e vencer, inúmeros adversários no octógono do UFC, Jon Jones agora trava uma batalha contra outro inimigo: o vício em bebidas alcóolicas. Apontado como um dos principais responsáveis pelos problemas de 'Bones' com a lei, o álcool não faz mais parte da vida do ex-campeão meio-pesado (93 kg) do Ultimate. Pelo menos é o que afirmou o próprio lutador, em publicação compartilhada no seu perfil oficial no 'Twitter', neste domingo (21) (veja abaixo ou clique aqui).

O lutador do UFC, que coleciona episódios controversos fora do octógono, alega estar sóbrio há 60 dias. O período sem consumo de álcool teria se iniciado logo após a mais recente prisão de 'Bones', no dia 24 de setembro, em Las Vegas (EUA), onde foi acusado de violência doméstica contra sua noiva, além de supostamente ter dado uma cabeçada na viatura da polícia ao ser detido.

"Esteja sóbrio; esteja atento. Seu adversário, o diabo, anda ao redor como um leão rugindo, procurando alguém para devorar. Minha família, minha vida, minha carreira poderiam ter acabado depois do que aconteceu em Las Vegas. Mas Deus tinha outros planos para mim. 60 dias sóbrio e contando", escreveu Jones.

Na verdade, do dia 24 de setembro até este domingo, a contagem correta seria de 58 dias, mas, independentemente do número, a notícia realmente importante é a sobriedade de um dos maiores lutadores de todos os tempos, que há muito vem tendo seu legado manchado por polêmicas fora do octógono.

Vale lembrar que após o mais recente episódio de prisão, Jones foi afastado da equipe 'Jackson Wink MMA', onde construiu grande parte de sua carreira. O americano, que no ano passado abdicou do cinturão meio-pesado do UFC para focar em sua transição para a categoria dos pesados, ainda não possui previsão de estreia na nova divisão, e também trava uma batalha com a organização por uma maior valorização salarial.

Histórico de polêmicas:

Além da prisão do último dia 24 de setembro, 'Bones', em 2012, sofreu um acidente em Nova York (EUA) e foi preso por dirigir alcoolizado. Em 2015, a polícia de Albuquerque (EUA) informou que o ex-campeão da companhia ultrapassou um sinal vermelho, bateu seu carro no veículo de uma mulher grávida e teria fugido a pé do local, sem prestar socorro, deixando a mesma ferida. Após a inspeção, os policiais encontraram um cachimbo com maconha dentro do carro de Jones.

Em 2019, o atleta foi acusado de agressão por uma garçonete de um clube para adultos. A funcionária alegou que o lutador lhe deu um tapa, a colocou em um estrangulamento, beijou seu pescoço e tocou suas partes íntimas sem permissão. 'Bones' também possui histórico com utilização de armas de fogo, drogas e substâncias proibidas.

"Be sober-minded; be watchful. Your adversary the devil prowls around like a roaring lion, seeking someone to devour." My family, my life, my career could've been over after what happened in Las Vegas. But God had other plans for me. 60 days sober and counting

- BONY (@JonnyBones) November 21, 2021

MMA