PUBLICIDADE
Topo

MMA


MMA

Brasileiros passam em branco e não levam contratos no Contender Series

Diego Ribas, em Las Vegas (EUA)

Ag. Fight

28/09/2021 23h13

O Brasil contou com três representantes nas quatro lutas disputadas no octógono do Contender Series nesta terça-feira (28). E em um carrossel de emoções, com apenas uma vitória anotada, nenhum contrato foi entregue para nossos representantes no quinto episódio da temporada 2021 do programa.

O destaque ficou com Caio Borralho, peso-médio (84 kg) que mostrou boa técnica e estratégia para garantir a vitória. Além dele, Lucas Almeida, que foi derrotado por Daniel Zellhuber, e Edivan 'Pé de Sapo', que foi nocauteado por Rizvan Kuniev, completam a lista dos brasileiros em ação.

Dentre os contratados, apenas dois nomes: o mexicano Daniel Zellhuber e Ihor Potieria, que nocauteou Lukasz Sudolski no primeiro assalto.

Vitória brasileira

Caio Borralho foi o único brasileiro a vencer na noite desta terça-feira (28). Diante de Aaron Jeffery, o atleta deu show de precisão e estratégia. Melhor no primeiro assalto, o jovem de 28 anos não se importou em ceder o domínio territorial para o oponente e trabalhar de forma veloz para encontrar os momentos certos de atacar sem se colocar em risco. Caio 10 x 9 Aaron.

Na etapa seguinte, o cenário se repetiu. Embora o americano tenha conseguido pressionar mais e clinchar, equilibrando a disputa, a queda e a maior potência dos ataques do brasileiro garantiram nova vantagem. Caio 20 x 18 Aaron.

No último assalto, Caio mostrou tranquilidade para trabalhar no erro do adversário. Com joelhadas voadoras, diretos de encontro e uma queda, o brasileiro convenceu os jurados de que havia feito o suficiente para ter seu braço erguido no octógono. Caio 30 x 27 Aaron.

Batalha de invictos

Lucas Almeida e Daniel Zellhuber travaram uma luta de tirar o fôlego. No primeiro assalto, a contundência dos golpes do brasileiro fez a diferença, tanto que, por vezes, o rival caminhou para trás em claro sinal de que estava sentindo os ataques. Lucas 10 x 9 Daniel.

Na segunda etapa, o mexicano usou melhor seu jogo de pernas, se esquivou dos ataques de encontro de Lucas e o acertou com variações de socos e chutes. Mais veloz, Zellhuber ainda conseguiu uma queda, garantindo a vantagem na parcial. Lucas 19 x 19 Daniel.

O último round foi marcado pelo equilíbrio. Mesmo cansados, os dois atletas atacaram o tempo todo e, enquanto Lucas era dono do centro do octógono, o rival mexicano sobressaiu na etapa graças à precisão de seus ataques. Bela luta entre atletas até então invictos que foi aplaudida de pé pelo presidente do UFC Dana White. Lucas 28 x 29 Daniel.

Persistência russa

Rizvan Kuniev começou pior, mas nunca desistiu. Depois de levar a pior em pé no primeiro assalto, quando chegou a balançar em duas oportunidades com os golpes desferidos pelo atleta da Chute Boxe Edivan 'Pé de Sapo', o russo guardou o seu melhor para a segunda etapa. Edivan 10 x 9 Kuniev.

Depois de um início equilibrado na luta em pé no segundo round, Kuniev derrubou e manteve importante domínio por cima - não apenas por garantir a vantagem parcial, mas também por exigir do preparo físico do rival, que acabou cansando. Edivan 19 x 19 Kuniev.

Na terceira etapa, o russo percebeu o bom momento e rapidamente derrubou. Por cima, pouco mais de um minuto foi o suficiente para que ele castigasse o rival e obrigasse o árbitro a interromper o confronto

Acompanhe os resultados do Contender Series S5E05:

Rizvan Kuniev nocauteou Edivan 'Pé de Sapo' no 3º round;
Daniel Zellhuber venceu Lucas Almeida por decisão unânime;
Caio Borralho venceu Aaron Jeffery por decisão unânime;
Ihor Potieria nocauteou Lukasz Sudolski no 1º round;

MMA