PUBLICIDADE
Topo

MMA


MMA

Dana White cita 'Cigano' e Overeem no UFC para justificar demissões

Dana White, durante a pesagem do UFC 249 - Mike Roach/Zuffa LLC
Dana White, durante a pesagem do UFC 249 Imagem: Mike Roach/Zuffa LLC

Ag. Fight

Ag. Fight

05/03/2021 10h46

Na última quarta-feira (3) uma notícia surpreendeu o mundo do MMA. O brasileiro Junior 'Cigano' e o holandês Alistair Overeem, duas grandes estrelas do peso-pesado do UFC e integrantes do ranking da categoria, haviam sido demitidos da organização. Um dia depois do fato, Dana White, presidente da franquia, tratou de comentar sobre os cortes.

Em entrevista ao site 'TMZ', o cartola amenizou uma possível rusga com os lutadores e justificou as demissões pelo mau momento dos dois no Ultimate. Atualmente, 'Cigano' estava com o recorde de quatro derrotas seguidas na liga, todas por nocaute, e Overeem havia sido derrotado por Alexander Volkov, em fevereiro deste ano.

"Nada aconteceu nos bastidores. Ambos são caras excelentes, que tiveram carreiras incríveis aqui. Em primeiro lugar, as pessoas são cortadas toda semana. Acho que esses dois casos são bastante autoexplicativos. Não é nada negativo, é apenas parte do esporte. Se você olhar o que eles fizeram recentemente, você olha a idade deles, vê tudo o que está acontecendo, é bastante autoexplicativo", disse, emendando.

"(Foi amigável) 100%. Tivemos uma ótima trajetória e amamos o Alistair e o Junior dos Santos. Alistair Overeem nunca recusou uma luta, lutaria com qualquer um. E Junior dos Santos é um dos seres humanos mais simpáticos do esporte. Portanto, só podemos dizer coisas incríveis sobre esses dois caras", completou o mandatário.

No MMA profissional desde 2006, Junior 'Cigano' viveu seu auge entre novembro de 2011 e dezembro de 2012, quando foi o campeão dos pesados do UFC, nocauteando o americano Cain Velásquez no primeiro round. Na sua carreira na modalidade, o lutador soma 21 vitórias, sendo 15 por nocaute, e nove derrotas.

Já Alistair Overeem acumula 47 vitórias, sendo 25 por nocaute, 19 derrotas e um 'no contest' (luta sem resultado) em sua carreira no MMA. Pelo UFC, Overeem conquistou 12 triunfos e oito reveses, um destes diante de Stipe Miocic, em disputa pelo título dos pesos-pesados, na única oportunidade que o holandês teve de lutar pelo cinturão na liga.

MMA