PUBLICIDADE
Topo

MMA


MMA

Adesanya ironiza 'desculpas' de 'Borrachinha' e dispara: "Foi atropelado"

Israel Adesanya recebe cinturão dos médios após derrotar Paulo Borrachinha com facilidade no UFC 253 - Josh Hedges/Zuffa LLC
Israel Adesanya recebe cinturão dos médios após derrotar Paulo Borrachinha com facilidade no UFC 253 Imagem: Josh Hedges/Zuffa LLC

Ag. Fight

Ag. Fight

02/03/2021 10h43

Após cinco meses, o confronto entre Israel Adesanya e Paulo 'Borrachinha', que foi válido pelo cinturão do peso-médio (84 kg), ainda rende repercussão. No último fim de semana, o brasileiro revelou que, por não conseguir dormir, tomou uma garrafa de vinho na véspera do show, no qual acabou nocauteado no segundo round. E a declaração do mineiro não passou despercebida pelo atual campeão da categoria.

Adesanya e 'Borrachinha' nutrem uma rivalidade antiga, com os dois trocando provocações por meses antes de se enfrentarem. Por isso, o nigeriano não perdeu a chance de alfinetar o desafeto e o ironizou. Em entrevista ao site 'MMA Junkie' mandou o brasileiro parar de inventar desculpas e aceitar que foi "atropelado" por ele.

"Vou te dizer uma coisa: a melhor coisa a fazer na posição dele é aceitar o fato de que ele perdeu. Ele foi atropelado. O fato de ele continuar tentando inventar todas essas desculpas só vai piorá-lo em longo prazo. Ele está dando desculpas porque seu ego não consegue lidar com o fato de que 'The Skinny Clown' o atropelou e depois bateu duas vezes nele", disse o campeão dos médios, antes de concluir.

"Apenas engula seu ego. Você foi atropelado. Volte para os treinos e reavalie todo o seu jogo. Você não pode simplesmente descansar porque se o fizer - este é o meu conselho - você nunca irá longe na vida ou neste jogo", finalizou o atleta.

Atual campeão peso-médio do Ultimate, Israel Adesanya vem de duas defesas de título bem-sucedidas, diante de Yoel Romero e Paulo 'Borrachinha', respectivamente. No próximo sábado (6), pela luta principal do UFC 259, o nigeriano medirá forças com o polonês Jan Blachowicz, podendo se tornar apenas o quinto atleta a ostentar dois cinturões de divisões diferentes simultaneamente, honraria que apenas Conor McGregor, Daniel Cormier, Amanda Nunes e Henry Cejudo conquistaram até o momento.

MMA