PUBLICIDADE
Topo

MMA


MMA

McGregor aceita convite de Dos Anjos e relembra encarada com brasileiro

Conor McGregor durante pesagem do UFC 229, em Las Vegas - Diego Ribas/Ag. Fight
Conor McGregor durante pesagem do UFC 229, em Las Vegas Imagem: Diego Ribas/Ag. Fight

Ag. Fight

15/11/2020 01h25

Apesar de negociar seu retorno ao octógono para janeiro de 2021, em um provável duelo contra Dustin Poirier, Conor McGregor segue atento às movimentações envolta de seu nome. Prova disso é que, logo após o final da luta entre Rafael dos Anjos e Paul Felder ontem, o irlandês se pronunciou oficialmente.

Através de suas contas em redes sociais, Conor relembrou a encarada que fez com Dos Anjos em 2016, quando ambos estavam escalados para se enfrentarem no octógono - dias antes da luta, o brasileiro se lesionou e abandonou a disputa. Com o post no Twitter, o irlandês se colocou à disposição para realizar a disputa, que foi pedida por RDA após a vitória sobre Felder.

Primeiro o Dustin, mas eu aceito tudo. Vamos lembrar deste clássico (risos). Olhe para o Dana (risos). Entretenimento vintage do MMA. El Chap", postou, relembrando a coletiva de imprensa na qual foi caracterizado de Joaquín 'El Chapo' Guzmán, traficante mexicano que foi preso em 2016. Com o triunfo contra Felder, 'RDA' voltou a triunfar no evento após duas derrotas em seu retorno à categoria na qual foi campeão entre 2015 e 2016.

Confira os resultados do UFC Las Vegas 14:


Rafael dos Anjos venceu Paul Felder por decisão dividida;
Khaos Williams nocauteou Abdul Razak Alhassan no 1º round;
Ashley Yoder venceu Miranda Granger por decisão unânime;
Sean Strickland nocauteou Brendan Allen no 2º round;
Cory McKenna venceu Kay Hansen por decisão unânime;
Kanako Murata venceu Randa Markos por decisão unânime;
Tony Gravely venceu Geraldo 'Espartano' por decisão dividida;
Alex Morono venceu Rhys McKee por decisão unânime;
Don'Tale Mayes venceu Roque Martinez por decisão unânime.

Errata: o texto foi atualizado
Ao contrário do que foi publicado anteriormente, a vitória de Rafael dos Anjos foi em decisão dividida e não unânime.

MMA