PUBLICIDADE
Topo

MMA


MMA

Nocauteador! Derrick Lewis ultrapassa recorde de Cigano e Velasquez no UFC

Derrick Lewis, que nocauteou Aleksei Oleinik, na luta em Las Vegas, ontem  - Ag. Fight
Derrick Lewis, que nocauteou Aleksei Oleinik, na luta em Las Vegas, ontem Imagem: Ag. Fight

Ag. Fight

Ag. Fight

09/08/2020 06h00

Derrick Lewis nunca foi conhecido por ser um lutador entre os mais habilidosos ou completos a pisarem no octógono. Tampouco, não foi seu preparo físico que o levou ao topo da divisão dos pesos-pesados do MMA mundial. Mas, sim, no quesito poder de nocaute ninguém ousa contestar o americano.

Aos 35 anos, Lewis, que nocauteou Aleksei Oleinik no segundo round do card realizado no último sábado (8) em Las Vegas (EUA), entrou para a história do evento ao se tornar o peso-pesado com o maior número de vitórias por nocaute. E, para isso, ele desempatou o duelo contra Junior 'Cigano' e Cain Velasquez, dois ex-campeões do evento.

Dando continuidade à renomada lista, nomes como do ex-campeão Andrei Arlovski, do atual dono da categoria Stipe Miocic e do ex-desafiante Francis Ngannou empatam na sequência com oito nocautes cada.

Embalado por três triunfos seguidos na organização, o atleta, atual número quatro do ranking oficial do evento, já mira novos desafios e, em sua próxima apresentação, deve enfrentar algum dos rivais do topo da categoria.

Confira os resultado do UFC Las Vegas 6:

Derrick Lewis nocauteou Aleksei Oleinik no 2º round;
Chris Weidman venceu Omari Akhmedov por decisão unânime;
Darren Stewart finalizou Maki Pitolo no 1º round;
Yana Kunitskaya venceu Julija Stoliarenko por decisão unânime;
Beneil Dariush nocauteou Scott Holtzman no 1º round;
Tim Means venceu Laureano Staropoli por decisão unânime;
Kevin Holland nocauteou Joaquin Buckley no 3º round;
Nasrat Haqparast venceu Alexander Muñoz por decisão unânime;
Andrew Sanchez nocauteou Wellington Turman no 1º round
Gavin Tucker finalizou Justin Jaynes no 3º round;
Youssef Zalal venceu Peter Barrett por decisão unânime;
Irwin Rivera venceu Ali Al Qaisi por decisão dividida.

MMA