PUBLICIDADE
Topo

MMA


Por chances, 'Bate-Estaca' planeja mudança para Las Vegas após UFC 251

Jessica Bate Estaca irá morar nos Estados Unidos para receber mais oportunidades - Carine Wallauer/UOL
Jessica Bate Estaca irá morar nos Estados Unidos para receber mais oportunidades Imagem: Carine Wallauer/UOL

Ag. Fight

Ag. Fight

09/07/2020 14h13

Prestes a encarar novamente Rose Namajunas no UFC 251, em aguardada revanche entre as ex-campeãs peso-palha (52 kg), Jéssica 'Bate-Estaca' já tem seu futuro próximo bem planejado. Após o evento deste sábado (11), a paranaense - assim como parte da equipe 'Paraná Vale Tudo' que a acompanha na 'Ilha da Luta' - não retornará a Niterói, onde reside, mas embarcará de Abu Dhabi, direto para Las Vegas, com a intenção de se estabelecer no local e conseguir novas oportunidades.

Em conversa com a imprensa durante o media day do UFC 251, Jéssica revelou que a mudança para a cidade americana, principal base do Ultimate, tem como um dos objetivos principais deixá-la mais acessível a ofertas de combates que, morando no Brasil, poderiam não acontecer por questões burocráticas. Empolgada, a ex-campeã peso-palha ainda se colocou à disposição para competir nas categorias de cima, até mesmo para evitar o desgastante corte de peso da divisão até 52 kg em confrontos com pouco tempo de preparação.

"Nós esperamos que, estando em Las Vegas, a gente consiga muitas oportunidades que não teríamos de outra forma. Com toda a situação do visto, todo o processo que você precisa passar sendo brasileira, e estando no Brasil, para conseguir lutas nos Estados Unidos, lutas de última hora quase não são uma opção para nós. Então, apenas estando lá (nos EUA), a gente espera ter mais oportunidades", revelou 'Bate-Estaca', antes de abrir as portas para duelos no peso-mosca (57 kg) e no peso-galo (61 kg).

"Estou disposta a lutar até 57, 61 (kg), você nunca sabe. Eu já lutei nessas categorias. Baixar para 52 (kg) agora logo em seguida vai ser um pouco mais difícil, então se algo aparecer, talvez até aqui mesmo na ilha, tem um monte de lutas até 57 (kg). Se eles precisarem de alguém como substituta, eu estou aqui", concluiu.

No primeiro confronto diante de Rose Namajunas, realizado em maio de 2019, no UFC 237, Jéssica 'Bate-Estaca' nocauteou a adversária no segundo round, conquistando assim o cinturão peso-palha. Após perder o título para a chinesa Zhang Weili três meses depois, a paranaense terá pela frente novamente a americana, no card principal da edição 251, que marca a inauguração da 'Ilha da Luta', em Abu Dhabi, neste sábado.

MMA