PUBLICIDADE
Topo

MMA


MMA

Anderson Silva é desafiado por ex-campeão do UFC e aceita lutar

Anderson Silva foi desafiado por  -
Anderson Silva foi desafiado por

Ag. Fight

11/06/2020 16h27

Após flertar com um duelo contra Conor McGregor, Anderson Silva pode ter outro ex-campeão do UFC pelo caminho em seu próximo combate. Anthony Pettis, ex-detentor do cinturão peso-leve (70 kg) do Ultimate, utilizou ontem sua conta oficial no 'Instagram' para respeitosamente desafiar o brasileiro para uma superluta.

Apesar de nunca ter atuado acima da divisão dos meio-médios (77 kg), Pettis parece disposto a subir ao peso-médio (84 kg) - categoria na qual o brasileiro se consagrou no UFC, com anos de soberania e domínio - para que o confronto aconteça. Sem compromisso marcado, Anderson não demorou para aceitar o desafio na caixa de comentários da publicação feita pelo americano.

"Seria uma honra!!! Anderson Silva. #PelosFãs #185 (84 kg) #VamosLá" escreveu Pettis na legenda da publicação, que conta com uma imagem editada com o americano ao lado do 'Spider'.

It would be an honor !!! @spiderandersonsilva #forthefans #185 #letsgo

Uma publicação compartilhada por Anthony Pettis (@showtimepettis) em

"Isso é ótimo, meu amigo. Vamos fazer isso", respondeu Anderson Silva.

Desde que perdeu o cinturão dos leves em 2015, Pettis competiu em três divisões diferentes: peso-pena (66 kg), peso-leve e nos meio-médios, com resultados mistos. Exemplificando a montanha-russa em sua carreira nos últimos anos, o americano vem de vitória sobre Donald Cerrone, em duelo até 77 kg, no UFC 249, interrompendo uma sequência negativa que contou com combates por duas categorias diferentes.

Assim como Pettis, Anderson Silva também parece viver uma espécie de inferno astral dentro do octógono mais famoso do planeta desde que perdeu o reinado no peso-médio. Após a derrota para Chris Weidman em julho de 2013, que sacramentou a perda do cinturão até 84 kg, o brasileiro somou apenas mais um triunfo em seu vitorioso cartel, além de ter sido derrotado cinco vezes e contar com um 'no contest' (luta sem resultado), por ter sido flagrado no exame antidoping.

MMA