PUBLICIDADE
Topo

MMA


Após sugestão do Bellator, Lyoto admite voltar à divisão dos meio-pesados

Carlos Antunes, no Rio de Janeiro (RJ) e Diego Ribas, em Las Vegas (EUA)

Ag. Fight

06/04/2020 08h00

Durante sua carreira no UFC, Lyoto Machida atuou na maioria das vezes na categoria dos meio-pesados (93 kg), onde inclusive foi campeão, em 2009, ao derrotar Maurício 'Shogun'. No entanto, após algumas apresentações, o brasileiro decidiu descer de divisão e atuar no peso-médio (84 kg), em 2013. Desde então, essa é a classe de peso em que atua, também quando mudou de organização e assinou com o Bellator. No entanto, o lutador admitiu que pode voltar às origens em sua próxima apresentação dentro do cage e explicou suas razões.

Em entrevista ao vivo pelo Youtube à reportagem da Ag. Fight (clique aqui ou veja abaixo), Machida afirmou que teve uma conversa com o Bellator e os dirigentes revelaram a intenção que ele suba novamente de divisão. O brasileiro afirmou que vê com boas possibilidades essa mudança, principalmente pela questão de peso e o quanto ele tem sofrido nesses últimos anos para chegar na medida limite dos médios.

"Eles não falaram de nomes, mas disseram muito sobre a categoria. Essa de 84 kg, vai ter a luta pelo cinturão, com o Douglas Lima e o Mousasi e eles falaram para eu fazer uma luta na categoria de cima. Aceitei na boa, já fui lutador de 93 kg, eu ando nesse peso. Ando com 98 kg, esse é meu peso e faço sacrifício para baixar. Lutei minha vida inteira no UFC praticamente na categoria dos meio-pesados. Eu tentava compensar o tamanho, com velocidade, técnica e isso que vinha buscando", afirmou o atleta, antes de confirmar que pode mudar de categoria.

"Eu podia ser o coringa (que atua nas duas divisões). Gosto da categoria de 84 kg, mas sinto que cai rendimento no quesito potência. A tirada de peso no último dia, a gente não consegue voltar tudo. Na categoria de cima fico mais forte e sabemos que faz uma diferença. Acredito que poderia lutar nas duas categorias, mas ao mesmo tempo a categoria de 93 kg me chama bastante e me sinto atraído", completou.

Em sua última apresentação, em setembro de 2019, Lyoto conheceu sua primeira derrota, ao ser superado por Gegard Mousasi. Apesar de confessar que pode mudar de categoria, o atleta deixou claro que mira realizar uma trilogia diante do seu último algoz e já tem a sua aprovação.

"Um tira-teima com o Mousasi seria ótimo. Eu ganhei uma, ele outra, então nada mais justo do que ter uma terceira luta. A gente se encontrou no Bellator que a Cris Cyborg lutou, estávamos na área VIP e eu falei para o Mousasi: 'Parabéns pela luta, você venceu, mas vamos fazer um tira-teima'. Ele respondeu para fazermos a terceira. Ele aceitou na hora, agora só falta o contrato", finalizou o ex-campeão do UFC.

MMA