PUBLICIDADE
Topo

MMA


Sonnen defende Cejudo x Aldo e acusa rivais de terem inveja do brasileiro

Divulgação/Bellator
Imagem: Divulgação/Bellator

Ag. Fight

27/02/2020 08h00

Nesta semana, Henry Cejudo tomou a dianteira e anunciou que vai enfrentar José Aldo, no dia 9 de maio, no UFC São Paulo, pelo cinturão peso-galo (61 kg) do Ultimate. Esse combate tem gerado uma série de polêmicas, principalmente pela fase do brasileiro, que não vence há duas lutas. Dessa forma, alguns atletas da categoria passaram a reclamar da vantagem dada ao brasileiro - cenário este que foi defendido por Chael Sonnen.

Em declaração através de seu canal do Youtube, o ex-rival de Anderson Silva recordou os feitos históricos de Aldo na organização e o quão ele foi dominante na categoria peso-pena (66 kg). Além disso, Sonnen destacou que Cejudo, por ser campeão e ter feito um papel importante na categoria peso-mosca (57 kg), quando destronou Demetrious Johnson e logo na sequência sagrou-se campeão dos galos, tem o direito de escolher contra quem vai defender seu título.

"Não estou nada surpreso por José Aldo receber uma disputa de título contra Henry Cejudo. Olha, Jose Aldo é o maior peso-pena de todos os tempos. Ficou dez anos no topo, invencível. Ele fez um ótimo trabalho. A opinião de Henry tem que importar. Não podemos puní-lo pelo sucesso. Não podemos dizer 'você é o campeão e, portanto, suas opiniões, seus desejos e necessidades não têm importância, então você apenas lute contra o número um'. Esse é um argumento meio bobo. Ele fez um trabalho pesado, virando campeão e salvando uma divisão inteira. Então esse é o cara que ele quer", disse.

Porém, apesar de Sonnen adiantar que Aldo mereça a chance pelo cinturão, essa opinião é contrária a dos atletas que estão no top 5 da categoria. Aljamain Sterling e Petr Yan são os principais críticos desta disputa e usaram as redes sociais para atacar Cejudo. Para o ex-desafeto de Anderson Silva, os lutadores estão com inveja do brasileiro.

"Sei que estão tentando apresentar um argumento através da lógica. A lógica é que Jose Aldo lutou apenas uma vez no peso-galo e que nunca venceu uma luta. Ele é 0-1. Entendo que essa é a lógica, mas vocês estão tendo dificuldades para me convencer de que é nisso que vocês realmente acreditam, e é apenas o argumento que vocês escolheram por causa do ciúme, por causa de algum tipo de inveja de Jose Aldo", completou o americano.

Henry Cejudo defende seu cinturão até 61 kg pela primeira vez na organização, após vencer o brasileiro Marlon Moraes, em junho de 2019. Aldo, por sua vez, tenta conquistar sua segunda cinta na organização. Ex-campeão peso-pena, o brasileiro desceu de categoria a fim de se reinventar e batalhar por outro título em uma divisão de peso diferente, mas em sua última apresentação, em dezembro de 2019, perdeu para Marlon Moraes.

MMA