Topo

MMA


Joanna Jedrzejczyk impõe condição para retornar aos pesos-moscas do UFC

Joanna Jedrzejczyk, ex-campeã do peso-palha feminino do UFC - Mike Roach/Zuffa LLC via Getty Images
Joanna Jedrzejczyk, ex-campeã do peso-palha feminino do UFC Imagem: Mike Roach/Zuffa LLC via Getty Images

Ag. Fight

11/11/2019 16h30

No fim de 2018, Joanna Jedrzejczyk resolveu se arriscar em uma empreitada nos pesos-moscas (57 kg). O desejo da ex-campeã peso-palha (52 kg) do Ultimate era conquistar dois cinturões distintos. No entanto, o duelo na nova divisão de peso não foi como o esperado. Após cinco rounds disputados contra Valentina Shevchenko, a polonesa foi dominada completamente por uma atleta melhor habituada com aquela categoria. Mas apesar da primeira experiência frustrada, a lutadora afirmou que competirá novamente com 57 kg.

Mas antes, a polonesa afirmou que pretende se sagrar campeã, mais uma vez, na divisão mais leve entre as mulheres do UFC. E, após ter problemas com o corte de peso em determinadas oportunidades, Joanna destacou a ajuda profissional do 'Instituto de Performance' do UFC - que, inclusive, a ajudou a atingir o limite de 52 kg em seu último compromisso na liga, diante de Michelle Waterson.

"Sou profissional, não queria estragar o show. O que aconteceu, foi que informei ao UFC que meu peso tinha subido por alguma razão inexplicável, porque estava superleve nesse período. Tive ajuda do Instituto de Performance do UFC - agradecimento especial ao Clint, que tomou conta da parte nutricional e do meu corte de peso nas duas últimas semanas antes da luta. Tive total suporte, passei a comer a comida certa a partir dali. Isso facilita muito a vida de um lutador. Eu costumava morrer de fome. Faço 32 anos agora, meu corpo está mudando. Me preocupei com o corte de peso porque tínhamos que salvar o card. Precisava lutar, por isso cogitei uma luta de peso-casado, mas tudo deu certo no final. Não cheguei nem perto de não conseguir bater o peso", detalhou Joanna, antes de revelar seu planos para o futuro.

"Sim, claro (voltarei aos pesos-moscas), mas agora estamos nos palhas, e quero ser campeã mais uma vez na minha vida. Quero ser campeã peso-palha novamente. O corte de peso foi tranquilo e fácil, e mal posso esperar para entrar no octógono contra Weili Zhang, estou muito ansiosa por isso", completou a ex-campeã do Ultimate, em entrevista ao site 'MMA Fighting'.

A vitória sobre Waterson, acompanhada de uma bela performance, empolgou a polonesa. Após o combate, Joanna desafiou a atual campeã da categoria peso-palha. No entanto, ao menos de imediato, a chinesa Zhang não demonstrou interesse no desafio proposto pela ex-detentora do cinturão da divisão.

MMA