PUBLICIDADE
Topo

MMA


MMA

Anderson Silva cita McGregor e sugere superluta: 'Vamos fazer acontecer'

O lutador brasileiro Anderson Silva - Buda Mendes/Getty Images
O lutador brasileiro Anderson Silva Imagem: Buda Mendes/Getty Images

Ag. Fight

03/10/2018 13h25

Aos 43 anos, Anderson Silva está liberado para voltar a competir ainda em 2018. No entanto, o ex-campeão dos pesos-médios (84 kg) do UFC não parece estar com pressa de retornar ao octógono, uma vez que seu foco está voltado às superlutas, como ele mesmo demonstrou em suas contas em redes sociais. E Conor  McGregor é o alvo da vez.

Em post direcionado ao irlandês nesta quarta-feira (3), Anderson respondeu ao irlandês, que havia declarado interesse em enfrentá-lo, e afirmou que um duelo com 'The Notorious' seria uma honra e que agradaria facilmente os fãs do esporte. Para isso, a diferença de peso e idade deveriam ser ignorados para que o espetáculo ficasse em foco.

"Seria uma grande honra me testar "lutar" com Conor McGregor. Ele é um lutador eclético, e já provou que tem que ser respeitado. Vamos fazer isto acontecer! O UFC quer superlutas, tenho certeza que os fãs dos quatro cantos do mundo querem ver esta luta. Eu profissionalmente acredito que seria incrível testar minhas habilidades marciais com um lutador como Conor McGregor, uma superluta de verdade! Agora ele está focado na sua luta contra Khabib Nurmagomedov, depois dessa luta eu estou pronto para este desafio! Quando e onde ele quiser", desafiou.

De fato, Conor mede forças contra Nurmagomedov neste sábado (6), no main event do UFC 229, evento a ser realizado na cidade de Las Vegas (EUA). A disputa, por sinal, valerá pelo título dos pesos-leves (70 kg). Por sua vez, o brasileiro não luta desde fevereiro de 2017, quando superou Derek Brunson por pontos. Depois disso, o 'Spider' foi flagrado em um exame antidoping pela USADA (Agência Antidoping Americana).

MMA