PUBLICIDADE
Topo

MMA


MMA

Rampage nocauteia Wanderlei e empata placar de rivalidade com brasileiro

Quinton "Rampage" Jackson acerta Wanderlei Silva durante luta no Bellator - Jeff Chiu/AP
Quinton "Rampage" Jackson acerta Wanderlei Silva durante luta no Bellator Imagem: Jeff Chiu/AP

Ag. Fight

30/09/2018 02h09

A noite deste sábado (29) contava com uma luta em especial para os fãs mais antigos de MMA. Rivais de longa data, Quinton 'Rampage' Jackson e Wanderlei Silva se enfrentaram pela quarta vez no MMA, desta vez no Bellator. E a exemplo das demais disputas, um nocaute decretou o final das ações. Melhor para o americano, que empatou a disputa que começou com 2 x 0 do 'Cachorro Louco'.

Logo no assalto inicial, a diferença de tamanho pesou a favor do brasileiro que, mais leve, se movimentava mais rapidamente e conectava melhores golpes. Focado em girar em torno do cage, Wanderlei esperava o momento certo para desferir cruzados e chutes altos, que por duas vezes balançaram o rival.

No entanto, a idade dos veteranos entrou em cena e os 12 kg a mais de Rampage puderam ser vistos nos golpes, que obrigavam Wanderlei em caminhar para trás. Em um dos ataques, um cruzado levou o brasileiro a knockdown e abriu caminho para que golpes no ground and pound finalizassem a disputa.

"Tenho muito respeito por Wanderlei. Eu estava no UFC 20 quanto eu nem era lutador e ele nocauteou um card com joelhadas de muay thai. Nunca mais existirá um Wanderlei, batam palmas para ele", narrou Rampage, poucos depois do rival pedir por um quinto e decisivo embate.

rampage - Jeff Chiu/AP - Jeff Chiu/AP
Imagem: Jeff Chiu/AP
Brasileiros em ação

Para dar início ao GP dos meio-médios (77 kg), Douglas Lima encarou o russo Andrey Koreshkov pela terceira vez na carreira e promoveu combate estudado. E se no início a força do rival fez a diferença, o brasileiro pouco a pouco tomou conta da disputa com seu chutes baixos e boa movimentação no cage.

Prova disso é que sua vantagem só aumentava no decorrer dos assaltos, a ponto de no minutos finais do quinto round Douglas derrubar, pegar as costas e encaixar um justo estrangulamento que deixou Koreshkov desacordado. Dessa forma, o brasileiro avançou para a próxima etapa do torneio e segue à espera da confirmação de seu próximo oponente.

No mesmo card, Leandro Higo foi surpreendido pela promessa americana Aaron Pico. Aos 22 anos, o wrestler voltar a mostrar o ímpeto e agressividade que vem marcando sua carreira no MMA e em menos de cinco minutos obrigou o árbitro a interromper o massacre que aplicava no brasileiro.

Confira os resultados do card principal do Bellator 206:

Gegard Mousasi nocauteou Rory MacDonald no 2º round;
Quinton Jackson nocauteou Wanderlei Silva no 2º round;
Douglas Lima finalizou Andrey Koreshkov no 5º round;
Aaron Pico nocauteou Leandro Higo no 1º round;
Keri Melendez venceu Dakota Zimmerman por decisão dividida;
Gaston Bolanos nocauteou Ysidro Gutierrez no 2º round.

MMA