PUBLICIDADE
Topo

MMA


MMA

Lutador do UFC processa empresa de suplementação após flagra no doping

Instagram
Imagem: Instagram

Ag. Fight

20/10/2017 13h08

Cada vez mais constante no noticiário que acompanha o mundo do MMA, o flagra em exames antidoping garantiu punições a diversos lutadores desde que a USADA assumiu a realização dos testes nos atletas do UFC. No entanto, o número de insatisfeitos não para de crescer, como é o caso de Lyman Good.

Flagrado em um exame logo antes do UFC 205, realizado em novembro do ano passado, o lutador, que cumpriu seis meses de gancho pelo uso da substância androstenedione, se prepara para processar a empresa de suplementação que, de acordo com seu depoimento, foi a responsável pelo teste positivo.

Em notícia revelada pelo site "TMZ Sports", Lyman irá acionar judicialmente as empresas Gaspari Nutrition e Vitamin Shoppe (fabricante e distribuidor), que teria vendido um produto contaminado com a substância ilegal, o que causou o flagra e a consequente suspensão. Em sua argumentação, o lutador acusa a fabricante de vender lotes de suplementos intencionalmente irregulares.

MMA