PUBLICIDADE
Topo

MMA


MMA

Sonnen revela surpresa por Jon Jones não conseguir "manipular antidoping"

Jon Jones cumprimenta Chael Sonnen antes de luta pelo UFC 159 - Josh Hedges/Zuffa LLC/Zuffa LLC/Getty Images
Jon Jones cumprimenta Chael Sonnen antes de luta pelo UFC 159 Imagem: Josh Hedges/Zuffa LLC/Zuffa LLC/Getty Images

Ag. Fight

25/08/2017 13h14

A notícia de que Jon Jones foi flagrado mais uma vez em um exame ​antidoping pegou muita gente de surpresa. Principalmente porque após passar um ano suspenso por exatamente este motivo, o campeão meio-pesado (93 kg) do UFC deixou claro que se manteria longe de quaisquer substâncias ilegais. No entanto, o que surpreendeu o veterano Chael Sonnen nessa história toda foi um outro fator. Afinal de contas, o falastrão americano afirmou não ter dúvidas de que "Bones" estaria fazendo uso de anabolizantes, mas que esperava dele maiores cuidados ou melhor assessoria para evitar um novo flagra.

Em conversa com o canal "Octagon Entertainment", Sonnen revelou que ficou surpreso com o fato de Jones ter sido pego já nesse teste, em sua luta de retorno após cumprir um ano de gancho. Para o americano, após os outros dois flagrantes em exames antidoping e com todos os recursos que "Bones" possui, o meio-pesado deveria ter encontrado uma forma de burlar o teste.

"Fiquei muito surpreso. Sabia que o Jon estava usando, eu estou nesse meio faz muito tempo. O cara tira a camisa e eu dou uma olhada e já sei dizer. Mas o que me deixou surpreso foi que eu assumi que, como ele estava vindo de uma suspensão, tendo o dinheiro e os contatos que ele tem, achei que ele tinha encontrado uma forma de manipular o teste. Você tem que entender que existem substâncias banidas e substâncias ilegais. O anabolizante que pegaram com ele é ilegal, você pode acabar algemado por aquilo, é contra a lei estar em posse daquela substância", declarou.

Jones enfrentou Daniel Cormier no UFC 214, evento realizado no último dia 29 de julho em Anaheim (EUA), e saiu com a vitória após nocautear o arquirrival no terceiro assalto. Caso seu doping seja confirmado - o atleta ainda pode recorrer aos exames da contra prova -, o lutador pode pegar de dois a quatro anos de suspensão e deve perder o título (pela terceira vez).

MMA