Polícia recuperou apenas 37 dos 305 materiais do Brasil furtados no Pan

O Comitê Olímpico do Brasil (COB) afirmou que o número de peças furtadas na Vila Pan-Americana foi maior do que o informado e recuperado.

O que aconteceu:

Ney Wilson, diretor de Alto Rendimento do COB, contou ao UOL que foram furtadas 305 peças do Time Brasil, mas apenas 37 foram recuperadas.

À reportagem, o COB demonstrou preocupação de pessoas não credenciadas usando uniformes do Brasil entrarem na Vila, já que, muitas vezes, a organização costuma autorizar a entrada sem conferir as credenciais, apenas pelo uniforme.

Ney contou que reforçaram a segurança na área em que armazenam os materiais dos brasileiros, com a instalação de alarmes e reposicionamento das câmeras.

A gente recuperou pouca coisa, porque quando fizemos o balanço foram 305 peças que foram desaparecidas entre tênis, calça, agasalho, tudo e apenas 37 voltaram. Parecia inicialmente que tínhamos recuperado tudo, mas não recuperamos. Mas já colocamos alarmes, as nossas câmeras estão melhores posicionadas, enfim, a gente está atento e também avisou bastante a segurança da Vila. Ney Wilson ao UOL

Apesar do incidente, nenhuma delegação foi impactada pelo furto. Os últimos kits já haviam sido distribuídos para os competidores, então o material armazenado era reserva.

Confira a nota oficial do COB:

A Missão Brasileira nos Jogos Pan-americanos Santiago 2023 reportou à polícia chilena e ao Comitê Organizador dos Jogos nesta sexta-feira (3) que o número de peças furtadas do enxoval da delegação brasileira na Vila na última quinta-feira (2) foi maior do que o inicialmente estimado e posteriormente recuperado.

Após inventário realizado pela equipe de uniformes da Missão, averiguou-se que foram furtados cerca de 305 itens e apenas 37 recuperados. Análises de vídeos das câmeras de segurança indicam também que mais de dois invasores, o número inicialmente divulgado, entraram na tenda onde a Missão distribui e estoca os uniformes da delegação.

Continua após a publicidade

O COB instalou câmeras de segurança em suas instalações na Vila Pan-americana para aumentar os cuidados com a delegação. A polícia chilena e o Comitê Organizador dos Jogos Santiago 2023 prometeram mais patrulhamento e segurança no entorno da Vila.

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes