PUBLICIDADE
Topo

UOL Esporte vê TV

Neto diz que não deixou filho ir ao jogo do Corinthians: 'Estou com medo'

Neto, apresentador do "Os Donos da Bola", da TV Band - Reprodução/TV Band
Neto, apresentador do "Os Donos da Bola", da TV Band Imagem: Reprodução/TV Band

Colaboração para o UOL, em São Paulo

01/11/2021 13h52

O apresentador Neto, do programa "Os Donos da Bola", da Band, disse que não vai permitir seu filho ir para a Neo Química Arena, nesta segunda-feira (01), para assistir a partida entre Corinthians e Chapecoense, às 21h30 (horário de Brasília).

Neto ainda fez duras críticas aos torcedores do Grêmio pela confusão na partida deste domingo (31) contra o Palmeiras, e afirmou estar com medo de ocorrer algum tipo de briga por parte da torcida corinthiana.

"Meu filho queria ir no jogo do Corinthians, eu não deixei porque tem 100% (de torcida corinthiana) lá. Eu falei para não ir, com medo do que aconteceu ontem, todo mundo está achando que o Corinthians vai meter 5 a 0, eu não quero que você vá não", revelou o ídolo do Corinthians.

O Grêmio pode ser denunciado e punido pela Justiça Desportiva, devido a alguns torcedores que invadiram o gramado da Arena, quebraram a cabine do VAR, placas de publicidade e feriram outras pessoas nas arquibancadas. Neto repudiou os agressores e cobrou uma postura mais rígida da CBF com o clube gaúcho.

"Aquilo lá não é torcedor. Se eu fosse o presidente do Grêmio, eu processaria todas aquelas pessoas que entraram lá dentro, porque se o Grêmio cair, vocês foram os responsáveis (...) Sabe o que a CBF tinha que fazer? Abre essa instituição hoje, essa vergonha que é a CBF, fala 'Grêmio, vocês estão 10 jogos sem mando de jogo, não pode torcida, vai tomar multa de 5 milhões', comentou Neto.

UOL Esporte vê TV