PUBLICIDADE
Topo

UOL Esporte vê TV

Neto sobre fala de Maurício: 'Quem disse que Superman só pode ser hétero?'

Neto, apresentador do "Os Donos da Bola", da TV Band - Reprodução/TV Bandeirantes
Neto, apresentador do "Os Donos da Bola", da TV Band Imagem: Reprodução/TV Bandeirantes

Colaboração para o UOL, em São Paulo

27/10/2021 10h31

O apresentador Neto, da TV Band, criticou o post homofóbico de Maurício Souza, do Minas Tênis Clube e da seleção brasileira de vôlei, sobre a orientação do atual Superman, Joe Kent.

Neto opinou que não há uma regra que estabeleça a orientação sexual, a cor ou o credo do Superman e disse que não há "problema nenhum" com o fato de o herói ser bissexual.

"Quem falou que o Super Homem só pode ser hetero? Quem falou que ele não pode ser negro, amarelo, evangélico, gay? Quem disse que ele não pode ser gay? Qual o problema de ele ser gay? Problema nenhum", disse o ex-jogador em participação em uma live no canal "Pilhado", do YouTube.

"Talvez, há 40 anos, a gente falasse para os nossos filhos que o Super-Homem era muito forte. Mas quem disse que eu quero ser muito forte? Quem disse que lá para frente a gente vai ter problema? Quem vai ter problema é você [Maurício] que está sendo preconceituoso em relação a isso", continuou.

Ainda sobre o assunto, Neto destacou que o que tenta ensinar aos seus filhos é que o que realmente importa sobre as outras pessoas é se elas são boas, dizendo que é necessário uma mudança da cultura vigente.

"Quem que me prova que o Hulk - o ator -, o Super Homem, o 007, que todos eram héteros? O bissexuais? A minha discussão não é essa. A gente tem que observar e entender que o mundo está mudando. E a gente precisa mudar. Não tem que colocar só gay trabalhando, só hétero, só bissexual, mas a gente tem que entender o tanto que o homossexual sofre no mundo - o que o hétero não sofre", comentou.

"Nós dois [Neto e Tiago Asmar] somos branquinhos e de olhos azuis. Se a gente sair de casa, dificilmente a polícia vai parar. Se dois 'negão' sair junto, duvido que não pare. Isso é da cultura e a gente tem que mudar essa cultura para os nossos filhos. Eu faço isso dentro de casa. Eles tem que entender: 'Fod*-se se o Super Homem é gay ou hétero ou se faz suruba'. Não me importa isso. Tem que ser boa pessoa. Só isso. A gente não precisa ser má pessoa", finalizou.

Entenda o caso

Maurício Souza criticou a revelação de que o atual Superman, Joe Kent, é bissexual: "Ah, é só um desenho, não é nada demais. Vai nessa que vai ver onde vamos parar". Em 'resposta', Douglas Souza, companheiro de Maurício na seleção brasileira, rebateu a publicação.

"Engraçado que eu não 'virei heterossexual' vendo os super-heróis homens beijando mulheres. Se uma imagem como essa te preocupa, sinto muito, mas eu tenho uma novidade para sua heterossexualidade frágil. Vai ter beijo sim. Obrigado DC por pensar em representar todos nós e não só uma parte."

A 'tréplica' de Maurício veio alguns minutos depois: "Para cima de mim não! Aqui é frágil igual esticador de canto de cerca!", escreveu ele em uma foto com a seguinte frase: "Hoje em dia o certo é errado e o errado é certo. Não se depender de mim. Se tem que escolher um lado, eu fico do lado que eu acho certo. Fico com minhas crenças, valores e ideais".

maurício souza - Reprodução/Instagram - Reprodução/Instagram
Maurício Souza
Imagem: Reprodução/Instagram

Maurício se retrata após ser afastado pelo Minas

Após muita repercussão, que incluiu posicionamentos contrários e favoráveis a Maurício de atletas das seleções masculina e feminina de vôlei, e pressão dos principais patrocinadores, o Minas Tênis Clube decidiu afastar o jogador por tempo indeterminado. Além disso, o atleta foi multado e orientado a fazer uma retratação pública imediata.

Em seu perfil oficial no Twitter, o atleta disse que tem refletido muito sobre o tema e escreveu, sem dizer o porquê:

"Pessoal, após conversar com meus familiares, colegas e diretoria do Clube, pensei muito sobre as últimas publicações que eu fiz no meu perfil. Estou vindo a público pedir desculpas a todos a quem desrespeitei ou ofendi, esta não foi minha intenção. Tenho refletido muito e reitero minhas desculpas pelo posicionamento".

UOL Esporte vê TV