PUBLICIDADE
Topo

MMA


MMA

Brian Gassaway, ex-lutador do UFC, morre aos 49 anos

O ex-lutador do UFC Brian Gassaway - Reprodução/Instagram
O ex-lutador do UFC Brian Gassaway Imagem: Reprodução/Instagram

Colaboração para o UOL, em São Paulo

19/10/2021 11h32

O ex-lutador do UFC Brian Gassaway faleceu no último final de semana, aos 49 anos. Sua família e amigos anunciaram sua morte pelo Facebook. A causa ainda não foi revelada.

O lutador era conhecido como 'Mandingo', o lutador deixa esposa e um filho. O atleta iniciou sua trajetória nas artes marciais mistas em 1996, se aposentou em 2010 e, desde então, passou a atuar como treinador.

Gassaway lutou por todos os tipos de promoções em mais de uma década como profissional - incluindo Bellator, WEC e King of the Cage, além do UFC. Ele ficou mais conhecido por seu confronto com Diego Sanchez no UFC 54, em 2005 - luta que perdeu por nocaute técnico no 2º round.

"Ele viveu sua vida com propósito e bondade, dedicando cada momento para ser uma pessoa melhor, marido, amigo, lutador e treinador. E, ao mesmo tempo, ele elevou a vida de todas as pessoas ao seu redor, escreveram familiares e amigos de Brian.

Em seu cartel profissional, Gassaway disputou 49 lutas, venceu 27, perdeu 19, empatou duas vezes e um duelo terminou em 'no contest' (sem resultado).

MMA