PUBLICIDADE
Topo

UOL Esporte vê TV

'Fala muita bobagem', diz Milton Leite sobre Thiago Silva defender Neymar

Milton Leite, em participação no Redação SporTV - Reprodução/SporTV
Milton Leite, em participação no Redação SporTV Imagem: Reprodução/SporTV

Colaboração para o UOL, em São Paulo

13/10/2021 12h53

No Redação SporTV de hoje, Milton Leite comentou sobre a fala de Thiago Silva na coletiva de ontem. O narrador não concordou quando o zagueiro disse que as críticas a respeito de Neymar são exageradas.

"Eu não concordo com o Thiago, aliás ele perde muita chance de ficar quieto, fala muita bobagem. Acho ele um baita jogador, mas nesse ponto de se posicionar ele perde muito a chance de ficar quieto. Se a gente não cobrar do Neymar, vamos cobrar de quem? Do Rafinha que está chegando agora? Nós temos que cobrar do Neymar, faz parte de quem é considerado um dos melhores jogadores do mundo, ele não está jogando nada", disse.

Milton também reforçou que os jogadores devem entender que as cobranças vão acontecer, ainda mais se tratando de um dos grandes nomes do futebol na atualidade.

"O jogador de futebol ganha um bom dinheiro, inclusive, para aguentar esse tipo de coisa. O Neymar tem o salário que tem para ser cobrado como o jogador importante que ele é no mundo inteiro", completou.

O jornalista também mencionou que o problema da seleção brasileira é que a equipe de Tite tem apenas Neymar de craque, os outros jogadores são apenas coadjuvantes, pensando no futebol mundial.

"Eu acho que hoje a seleção brasileira é formada por coadjuvantes, tem um craque, que é o Neymar, que não passa por um bom momento, e é rodeado por coadjuvantes. Tirando os goleiros, que, para mim, são os melhores do mundo, e também o Marquinho e o Casemiro, na parte da frente nós não temos grandes jogadores", finalizou.

O camisa 10 vem sofrendo uma série de críticas pelo seu mau desempenho neste início de temporada. Além disso, o jogador disse à Dazn que a Copa do Mundo do Catar deve ser a sua última, porque não terá mais "condições, de cabeça, de aguentar mais futebol".

UOL Esporte vê TV