PUBLICIDADE
Topo

MMA


MMA

'É algo que nem me choca mais', diz Dana White sobre prisão de Jon Jones

Dana White, presidente do UFC - Brandon Magnus/Zuffa LLC via Getty Images
Dana White, presidente do UFC Imagem: Brandon Magnus/Zuffa LLC via Getty Images

Colaboração para o UOL, em São Paulo

25/09/2021 11h46

O presidente do UFC, Dana White, falou pela primeira vez sobre a última prisão de Jon Jones. Dana lamentou, mas admitiu que isso é algo que não o choca mais.

Após a cerimônia de pesagem do UFC 266, White falou sobre a situação de Jones, que aconteceu horas depois de ele ser indicado para o Hall da Fama do UFC por sua luta no UFC 165 contra Alexander Gustafsson.

"É como se não fosse mais chocante", explicou White. "Quando o trazemos aqui é quase esperado. Você não pode nem mesmo levá-lo a Las Vegas por menos de 12 horas para introduzi-lo no Hall da Fama. É um problema. Esse cara tem muitos demônios, cara. Muitos demônios".

Na manhã de sexta-feira, 24, Jones foi preso em Las Vegas e enfrenta acusações de violência doméstica em primeiro grau e lesão/adulteração de veículo. Além disso, Jones recebeu uma fiança estimada em 8 mil dólares (R$ 42,7 mil na cotação de hoje).

"É difícil trazer esse cara para Las Vegas por qualquer motivo. Esta cidade não é boa para Jon Jones, e aqui estamos nós de novo", disse Dana.

Jon já havia sido preso em março de 2020 sob a acusação de dirigir embriagado e uso negligente de arma de fogo.

O ex-campeão dos meio-pesados vez ao tribunal na manhã de hoje.

MMA