PUBLICIDADE
Topo

São Paulo

Muricy 'culpa' torcida por emoção em título: 'Parecia Copa do Mundo'

Muricy Ramalho explica emoção após São Paulo conquistar o Campeonato Paulista - Reprodução/SporTV
Muricy Ramalho explica emoção após São Paulo conquistar o Campeonato Paulista Imagem: Reprodução/SporTV

Colaboração para o UOL, em São Paulo

26/05/2021 15h57

Coordenador do São Paulo, Muricy Ramalho foi às lágrimas com a conquista do Campeonato Paulista, domingo, sobre o Palmeiras. Em entrevista ao "Seleção SporTV", o dirigente "culpou" a torcida tricolor pelo choro em uma das arquibancadas do Morumbi.

Tricampeão brasileiro pelo São Paulo, Muricy voltou ao clube no início desta temporada, e ficou tocado com o "clima de Copa do Mundo" criado em torno do Estadual.

"Quando eu era treinador, eu tinha que estar com a cabeça bem mais tranquilo, bem focado. Como agora eu fiquei muito tempo fora do futebol, eu andava por aí, e em todo lugar que eu ia, encontrava são-paulino muito zangando, criança que não queria torcer mais, meus filhos também desistindo. Quando eu recebo essa convocação, eu penso neles", falou Muricy.

"Eu sou apegado na camisa, eu me entrego bastante. E esse começo foi duro demais lá, com a parte financeira ruim, mas o que mais me tocou foi a torcida. Mesmo a torcida não estando presente, onde eu andava, era uma loucura. Parecia que a gente estava disputando Copa do Mundo. Me emocionei mesmo", completou.

A conquista do Campeonato Paulista, porém, não é suficiente para Muricy, que já pensa na estreia no Brasileiro, sábado, às 21h, contra o Fluminense.

"Jogo duríssimo. Não sou treinador, mas continuo vendo os caras. O Fluminense está muito bem dirigido. Inclusive, na ideia dos técnicos brasileiros para ser entrevistados, um deles era o Roger, só que me falaram que ele estava apalavrado com o Fluminense", contou o coordenador.

"A briga continua. Sábado começa de novo. A pressão vai existir. Passamos o Paulista, e agora a torcida quer o Brasileiro, e tem que ser dessa maneira. A expectativa é muito boa. A gente está com um bom plantel. A gente está fechando o plantel. Eu tenho esperança que a gente possa fazer um bom campeonato", seguiu.

São Paulo