PUBLICIDADE
Topo

UOL Esporte vê TV

Felipão fala sobre "traição" de Drogba e Anelka no Chelsea: "Perdi o grupo"

Felipão revela que se sentiu traído pelo elenco do Chelsea por situação com Drogba e Anelka - Divulgação
Felipão revela que se sentiu traído pelo elenco do Chelsea por situação com Drogba e Anelka Imagem: Divulgação

Do UOL, em São Paulo

14/04/2021 13h39

O técnico Luiz Felipe Scolari falou sobre uma situação que o fez se sentir traído quando ainda treinava o Chelsea, em 2008. De acordo com Felipão, ele começou a perder o elenco após uma situação com Didier Drogba e Nicolas Anelka.

"O Drogba vinha jogando com o joelho infiltrado, eu não queria. Aí eu coloquei o Anelka, grande jogador. Ele foi lá, fez gols, é goleador, mas eu tinha que montar uma situação, porque o Drogba também é ótimo jogador", disse o treinador em entrevista ao programa Resenha ESPN.

"Montei um esquema com os dois, aí vejo se um deles poderia voltar numa marcação do volante. O Anelka disse: 'Eu não volto'. Eu engasguei e falei: 'Vou pro outro lado'. Falei com Drogba, e ele também falou: 'Eu não faço isso aí', contou Felipão.

Nosso time tinha classificado na Liga dos Campeões, na Copa da .inglaterra ou na Copa da Liga, a gente estava em primeiro ou segundo lugar na Premier League. Começa a ter problema, e aí eu e o Murtosa vemos algumas coisas e pensamos: 'que trairagem'. Aí eu faço uma palestra e chuto o balde. Isso foi uma das coisas que, mais tarde, me fez sair do Chelsea. Eu tinha um grupo na mão e depois, por alguma razão, perdi esse grupo e não fiquei.
Felipão

O técnico brasileiro permaneceu no comando do Chelsea por apenas seis meses. Scolari é um dos técnicos vencedores do futebol brasileiro, com o bicampeonato Brasileiro e da Libertadores e o tetracampeonato da Copa do Brasil dirigindo Palmeiras, Grêmio e Criciúma, além de ser campeão Mundial de 2002 com a Seleção Brasileira.

O Resenha com Felipão vai ao ar amanhã (15), às 23h.

UOL Esporte vê TV