PUBLICIDADE
Topo

UOL Esporte vê TV

Sormani, sobre Rogério Ceni: 'Ele é muito antipático. Eu também sou'

Sormani defede demissão de Rogério Ceni e alerta Flamengo sobre Brasileiro - Reprodução/ESPN
Sormani defede demissão de Rogério Ceni e alerta Flamengo sobre Brasileiro Imagem: Reprodução/ESPN

Colaboração para o UOL, em São Paulo

15/01/2021 18h44

Durante o 'Futebol na Veia' da ESPN de hoje, Fábio Sormani analisou as entrevistas dadas por Gabigol e Filipe Luís. Em ambas, os jogadores falaram sobre Rogério Ceni e seu atual trabalho no comando do Flamengo.

Para o jornalista, isso se deve ao fato de uma personalidade forte que o treinador possui. Além disso, o fato de ser ex-jogador pode também influenciar em algumas situações.

"É chato falar algo da pessoa quando é um pouco ofensivo. Ele é muito antipático, eu também sou. As vezes não é porque quer, a nossa natureza é assim, nos faz assim, Eu faço coisas as vezes que não gostaria de fazer, a gente é assim e ponto. Ele pouco ri, o riso dele não é contagiante, é cometido, ele não é uma pessoa de fácil trato e quando era jogador de futebol, ele jogou contra boa parte desses jogadores que estão no Flamengo e não gostavam dele como jogadores", disse Sormani.

Completando seu raciocínio, ele enfatizou: "O Diego é um deles, não sei como é hoje. O Gabriel é a mesma coisa, Bruno Henrique, jogou contra também, Arão, Gustavo Henrique, Everton, Arrascaeta. Jogou com o Rodrigo Caio, que foi afastado do São Paulo, naquela época, o Rogério Ceni era um grande líder daquele time."

Finalizando seu ponto de vistas, Sormani não deixou de citar a profunda admiração que possui pelo Rogério, como profissional e como jogador. Mas, acredita que comandar jogadores com quem já jogou contra, tem sido algo prejudicial para ele.

"As pessoas admiram o profissional que ele é, e eu tenho uma admiração profunda pela obsessão dele, mas até que ponto interfere no vestiário? No Cruzeiro isso aconteceu, ele comandou diversos jogadores que ele jogou contra", finalizou.

UOL Esporte vê TV