PUBLICIDADE
Topo

UOL Esporte vê TV

Mano, do SBT, diz que Gabigol faz biquinho para provocar Ceni: 'É um mala'

Maurício Borges, o Mano - Reprodução/Instagram
Maurício Borges, o Mano Imagem: Reprodução/Instagram

Colaboração para o UOL, em São Paulo

12/01/2021 00h55

A postura de Gabigol no banco de reservas do Flamengo deu o que falar durante o 'Arena SBT' de hoje. Revoltado com a postura do atacante, o comentarista Maurício Borges, o Mano, disparou críticas contra o atleta, que, em seu ponto de vista, deveria estar trocado assim como todos os outros companheiros suplentes.

"Gabigol é um mala, ele faz biquinho, é claro que é para provocar o treinador. No banco, ele tem que estar vestido adequadamente, pronto para entrar. Se todos estão trajados, por que ele não? Vai te catar", disse o comentarista.

Analisando o fato, os ex-jogadores Cicinho e Sheik deixaram claro que não é comum este tipo de postura. Segundo o ex-lateral e ídolo do São Paulo, existiam treinadores que jamais permitiriam isso.

"Tem que estar com uniforme completo, isso não pode", disse Sheik, que teve sua fala completada por Cicinho: "O Leão não permitia nem para chegar na chegada de treino e nem na concentração."

Por fim, o colunista da UOL, Mauro Cezar deixou claro que, para ele, isso é falta de comando. Para embasar seu ponto de vista, o profissional questionou se Gabriel faria o mesmo com Jorge Jesus.

"É falta que comando, isso deixa claro que quem mandava era o português. Ele controlava o grupo, ele fazia o time jogar. Eu duvido que ele faria isso com o Jesus, ele nem pensaria em fazer", finalizou.

UOL Esporte vê TV