PUBLICIDADE
Topo

UOL Esporte vê TV

Casagrande critica postura de Gabigol em derrota do Fla: 'Inadmissível'

Casagrande detona postura de Gabigol em derrota do Flamengo - Reprodução/SporTV
Casagrande detona postura de Gabigol em derrota do Flamengo Imagem: Reprodução/SporTV

Colaboração para o UOL, em São Paulo

11/01/2021 23h57

O comentarista Walter Casagrande se incomodou com o comportamento de Gabigol na derrota do Flamengo para o Ceará, por 2 a 0, pelo Campeonato Brasileiro.

No "Bem, Amigos" de hoje, o ex-jogador criticou o atacante rubro-negro por desamarrar as chuteiras e permanecer por algum tempo com a camiseta de treino. Gabigol iniciou a partida no banco de reservas, entrando apenas aos 25 minutos do segundo tempo.

"Não esqueça que, ontem, um dos principais jogadores do Flamengo, artilheiro do ano passado, foi para o banco sem chuteira e com camisa de treino. O juiz teve que ir lá e falar: 'Põe a camisa de jogo'. Eu acho que o Rogério decepcionou, mas tem coisa ali dentro que não está funcionando porque jogador não quer. O comportamento do Gabigol é inadmissível", criticou Casão, interrompendo o debate sobre o trabalho de Rogério Ceni no atual campeão brasileiro.

Também presente no programa, Paulo César Vasconcellos afirmou que a insatisfação de Gabigol deve-se à 'escola Neymar de mimos'.

"O Gabriel me parece criado na 'escola Neymar de mimos', que é: 'Eu não posso ser contrariado'. Então, ontem, ao ser colocado como reserva do Flamengo, ele quer mostrar toda a sua insatisfação. Ele quis e buscou um protagonismo. Por quê? Porque ficou irritado de ter sido sacado. Agora, isso é uma escola de mimos, e o Rogério vai ter que administrar", completou o comentarista.

UOL Esporte vê TV