PUBLICIDADE
Topo

UOL Esporte vê TV

Edilson e Velloso têm discussão ríspida em programa e Neto precisa intervir

Colaboração para o UOL, em São Paulo

23/10/2020 14h14

O clima esquentou no "Os Donos da Bola" de hoje. Durante debate sobre um possível "racha" no elenco do Palmeiras na temporada, Edílson Capetinha e Velloso trocaram provocações, obrigando Neto a interferir em mais de uma ocasião.

Defensor dos jogadores, Edílson alfinetou o ex-goleiro ao afirmar que antigamente os arqueiros não tinham "visão" e ampla participação nos jogos. Irritado, Velloso retrucou a provocação do companheiro de bancada e falou que atletas "iguais a você não corriam". Acompanhando a discussão, Neto tentou acalmar os ânimos mais de uma vez.

"Eu defendo os jogadores, lógico. O Palmeiras está nessa situação...", argumentou Edílson.

"Lógico?", questionou Neto.

"Eu fui jogador e sei o quanto é difícil estar lá dentro", seguiu o Capetinha.

"Mas eu não sei? O Velloso não sabe?", listou o apresentador.

"O Velloso era goleiro", falou o comentarista.

"E seu time, que você sempre foi o maior craque, não tinha goleiro? Não tinha goleiro no seu time? Seu time jogava sem goleiro?", retrucou Velloso

"Goleiro não tem a visão...", iniciou Edílson.

"Para de falar bobagem, Edílson. Não tem visão o quê? Você que não tem visão. O goleiro ajuda a organizar o time para a bola chegar lá para você, que normalmente não corre", repreendeu o ex-Palmeiras.

"De hoje, sim. Antigamente, os goleiros não tinham tanta participação assim...", seguiu o ex-Corinthians.

"Antigamente, jogadores iguais a você não corriam, por isso que o goleiro, para você, tinha que ser muito mais importante. O goleiro ajuda a organizar o time para a bola chegar em jogadores como você, que não corriam", provocou o goleiro.

"Os goleiros antigamente não organizavam o time não", corrigiu o atacante.

"Voltando!", interferiu, em vão, Neto.

"Não corria e fiz mais de 500 gols. Imagina se não corresse", observou Capetinha.

"Voltando! Calma!", tentou novamente o apresentador.

"O único que acha que você é craque é você mesmo, Edílson", disparou Velloso.

"Olha, a gente está tendo um desconforto de opiniões, isso é natural", falou Neto.

"Aliás, só sei que você foi para a Copa de 2002 porque você não para de falar, senão não ia lembrar. Você fala todo programa. A maioria não ia lembrar. Eu lembro do Ronaldinho, do Ronaldo, do Marcão, do Roberto. Se você não falasse, eu não ia lembrar", seguiu o ex-goleiro.

"Velloso, você quer que eu fale? Se eu falar, você não vai gostar. Vamos continuar", alertou Edílson.

"Não esqueça que há um ano você fala bobagem", respondeu Velloso.

"Não esqueça que a seleção brasileira foi para a Copa do Mundo e eu tive que fazer dois gols", recordou o Capetinha.

"Se não fosse você, pela primeira vez na história, a seleção não ia para a Copa? Se coloca no seu lugar, Edílson!", debochou o ex-arqueiro.

"Vamos lá! Vamos ter calma. Agora que banana está comendo macaco, porque eu estou pedindo para as pessoas ficarem calmas. Por favor, Velloso. Por favor, Edílson", interveio Neto, encerrando a discussão.

UOL Esporte vê TV