PUBLICIDADE
Topo

COI pede explicação da China por uso de broches com imagem de Mao Tsé-Tung

Broches com imagem de Mao Tsé-Tung fixado no uniforme de Bao Shanju - Matthew Childs/Reuters
Broches com imagem de Mao Tsé-Tung fixado no uniforme de Bao Shanju Imagem: Matthew Childs/Reuters

Colaboração para o UOL, em São Paulo

03/08/2021 06h52

O Comitê Olímpico Internacional pediu para que a China se explicasse sobre o uso de broches com imagem do ex-líder de estado Mao Tsé-Tung.

O acessório foi visto durante a cerimônia de entrega de medalha aos ciclistas Bao Shanju e Zhong Tianshi. Os atletas ganharam o ouro na modalidade.

"Entramos em contato com o Comitê Olímpico Chinês, pedimos um relatório sobre a situação", disse o porta-voz do COI, Mark Adams.

O ato em questão pode ser julgado como violação da Regra 50 da Carta Olímpica, que proíbe manifestações políticas em cerimônias de pódio dos Jogos Olímpicos de Tóquio.

O ex-líder de estado chinês foi morto em 1976 e ficou conhecido por liderar a revolução comunista no país. Até então, o Comitê Olímpico Chinês não se pronunciou sobre o assunto.