PUBLICIDADE
Topo

Alison 'Piu' ouve sertanejão e rap em Tóquio e promete dancinha para final

Alison dos Santos está na final dos 400 metros com barreiras nas Olimpíadas de Tóquio - REUTERS/Lucy Nicholson
Alison dos Santos está na final dos 400 metros com barreiras nas Olimpíadas de Tóquio Imagem: REUTERS/Lucy Nicholson

Beatriz Cesarini

Do UOL, em Tóquio

02/08/2021 04h00

Com sorriso no rosto e semblante tranquilo, Alison dos Santos, o Piu, conquistou uma vaga na final dos 400m com barreiras nas Olimpíadas de Tóquio. O jovem de 20 anos conta que, assim como a skatista Rayssa Leal, que conquistou a prata no Japão, curte levar a competição como uma diversão. Ele montou uma playlist especial — e bem eclética — para os Jogos Olímpicos e revelou que já prepara uma nova dancinha para a grande decisão.

"A gente tenta levar a competição na maior leveza possível, pra não deixar o nervosismo ficar à flor da pele ou atrapalhar o resultado e 'tals'. A gente trabalha muito, então, tem que manter a calma. A gente se preparou pra isso, não tem surpresas, é só fazer o que a gente treinou", disse Piu.

"Nesse momento, como são os Jogos Olímpicos, a gente tenta descansar o máximo possível. Converso muito no WhatsApp com meus amigos, sempre ouço muita música pra me tranquilizar e me deixar mais calmo para fazer o que treinei. Eu ouço muito rap, sertanejão, que é de lei, né? Ah, o piseiro também é bom demais. É muito aleatório, mas uma boa playlist. Ela chama playlist Olympic Games. Segue lá!", completou o atleta brasileiro.

Piu recoloca o Brasil em uma final dos 400m com barreiras após 21 anos. O Brasil teve Eronildes de Araújo como finalista da prova em duas oportunidades: em Atlanta-1996, ele foi oitavo colocado (com Everson Teixeira em 7º), tendo conquistado o quinto lugar na edição seguinte, Sydney-2000.

A esperança do Brasil em Piu é boa e ele já avisa: "Vai dar bom". Para quem é "cringe", a expressão significa algo como: "Vai ser muito boa a prova". Alison está tão empolgado que já está preparando uma dancinha para os próximos dias. Será surpresa.

"A expectativa em cima da dancinha ficou grande, todo mundo falando que eu tenho que ensaiar uma nova... Chamei um amigo meu pra preparar uma dancinha caso role medalha, e vai rolar", contou sem dar muitos spoilers.

Alison se referiu à classificação para as semifinais, quando foi flagrado pelas câmeras da transmissão de TV cantando e dançando ao chegar ao Estádio Olímpico. Ele estava escutando a música "Chama o Teu Vulgo Malvadão", do MC Reizin, naquele momento. A música ficou ainda mais conhecida após a skatista Rayssa Leal fazer a sua "dancinha" durante sua apresentação nos Jogos.

Quer uma dica para assistir à final? Alison deu uma dica boa: "O Brasil pode esperar que essa prova vai ser uma das mais fortes e mais bonitas dos Jogos. A prova tá muito forte, você pode ver pela corrida de hoje dos atletas. O nível tá altíssimo. Pega a pipoca e a 'coquinha', fica quietinho, que vai ser um bom resultado, vai dar bom. Estou muito feliz, porque eu posso fazer qualquer coisa que eu quero. Na final, posso estar melhor, estarei melhor".

A final será no dia 3 de agosto, 0h20 (pelo horário de Brasília).