PUBLICIDADE
Topo

Riner vence Baby em 46 segundos; brasileiro fica fora da disputa do bronze

Brasileiro Rafael Baby (de branco) em ação contra Ushangi Kokauri nas Olimpíadas de Tóquio - Sergio Perez/Reuters
Brasileiro Rafael Baby (de branco) em ação contra Ushangi Kokauri nas Olimpíadas de Tóquio Imagem: Sergio Perez/Reuters

Beatriz Cesarini

Do UOL, em Tóquio

30/07/2021 05h26

Uma luta digna de final foi disputada na repescagem dos pesos pesados do judô na manhã desta sexta-feira (30). Rafael Silva, o "Baby", enfrentou o francês Teddy Riner, atual bicampeão olímpico. Em menos de um minuto, o europeu venceu o brasileiro e garantiu a vaga na briga pelo bronze.

A luta durou apenas 46 segundos e foi finalizada quando o francês alcançou o waza-ari e conseguiu manter Baby imobilizado até transformar esse ponto em um ippon.

"Competição difícil, no meu quadrante eu sabia que teria muita dificuldade com o giorgiano, vinha de um histórico complicado com ele. Senti bastante a questão do volume de pegada, ele se desvencilhando o tempo todo não tive chance de dar muitos golpes. Ao mesmo tempo tem o sentimento de gratidão, sei que dei meu máximo durante o ciclo todo, na minha carreira construída no judô. Estou feliz por estar aqui e agora não tem muito tempo de ficar remoendo no individual, tem por equipes amanhã e preciso estar animado para poder dar meu melhor amanhã também", disse Baby em conversa com os jornalistas após a luta.

Ambos foram derrotados nas quartas de final, fase disputada mais cedo. Rafael Silva havia enfrentado o georgiano Guran Tushishvili e perdeu por ter sofrido três shidos. Já Teddy perdeu por um waza-ari para Tamerlan Bashaev, do Comitê Olímpico Russo.

O brasileiro ainda tem pela frente a disputa do judô por equipes, que começará na noite desta sexta-feira, a partir das 23h.