PUBLICIDADE
Topo

Biles desiste de mais duas finais, e Rebeca tem caminho aberto para ouro

Demétrio Vecchioli

Do UOL, em Tóquio

30/07/2021 22h41

A ginástica dos Estados Unidos anunciou há pouco em Tóquio que Simone Biles não vai participar das duas primeiras finais olímpicas de aparelhos, nas barras assimétricas e no salto, ambas no domingo (1º). A comissão técnica ainda vai decidir se a grande estrela da ginástica, que só se apresentou em um aparelho na final por equipes e desistiu da competição, ainda poderá participar das finais da trave e do solo, na terça (3) e na quarta (4).

"Depois de mais consultas com a equipe médica, Simone Biles decidiu retirar-se das finais do salto e das barras assimétricas. Ela continuará a ser avaliada diariamente para determinar se competirá nas finais do solo e da trave de equilíbrio", informou a USA Gymnastic.

Com isso, fica mais aberto o caminho para Rebeca Andrade conquistar uma inédita medalha de ouro para a ginástica artística brasileira, no salto, depois da prata no individual geral. Biles passou pela classificação em primeiro lugar, com Rebeca em terceiro, pouco atrás da também norte-americana Jade Carey.

Em vídeos postados no Instagram, Biles explicou, ontem (29), que sentiu-se perdida espacialmente durante seu salto na final por equipes, no que ela disse entender como um descompasso entre o corpo e a mente. Isso tem o nome de Twisties.

Por isso, ela não sabia se completaria o exercício de pé (o que aconteceu), ajoelhada, ou caída de costas no colchão, o que é um enorme risco à sua saúde, diante do perigo de lesões. Ela afirmou também que não é a primeira vez que se sente assim e que costuma levar 15 dias para as coisas voltarem ao normal.

Havia enorme expectativa sobre o que Biles poderia fazer em Tóquio. Apesar de não ter brilhado na classificação, ainda assim passou para todas as cinco finais individuais, tendo ficado em primeiro no individual geral. Mas, por enquanto, ela só ganhou uma medalha, de prata por equipes, em uma competição da qual ela desistiu depois de apenas um salto. Biles também não competiu no individual geral, prova vencida pela compatriota dela Sunisa Lee.

Errata: o texto foi atualizado
Ao contrário do que foi publicado, Rebeca Andrade se classificou para a final do salto em terceiro, e não em segundo. O erro foi corrigido.