PUBLICIDADE
Topo

Atletas olímpicos devem parar de se abraçar no pódio, diz jornal

Jay Litherland e Chase Kalisz, dos EUA, se abraçaram durante a cerimônia de medalha - AFP via Getty
Jay Litherland e Chase Kalisz, dos EUA, se abraçaram durante a cerimônia de medalha Imagem: AFP via Getty

Colaboração para o UOL

25/07/2021 16h39

Os atletas olímpicos foram instruídos a manter distância uns dos outros, e não se abraçarem no pódio, durante a cerimônia de entrega de medalhas. Além disso, as máscaras devem ser usadas a todo momento, em todos os eventos, tanto internos quanto externos. A informação é do jornal britânico "Metro".

O Comitê Olímpico Internacional permitiu uma janela de 30 segundos para os atletas tirarem suas máscaras e posarem para fotos com suas medalhas. "Pedimos a todos que obedeçam às regras, sejam quais forem as partes interessadas", disse o porta-voz do COI, Mark Adams.

"Não é bom ter, é obrigatório, tanto para o esporte quanto para todos os envolvidos. Envie uma mensagem forte, por favor, siga os manuais. Entendemos que há empolgação e sentimos pelos atletas, mas infelizmente tivemos que tornar as regras mais rígidas. Essas mensagens são passadas constantemente, não apenas para os atletas. É do nosso interesse e do interesse de todos", continuou.

O diretor executivo do Comitê Olímpico Internacional, Christophe Dubi, também alertou neste final de semana que serão tomadas medidas contra os atletas que desrespeitarem as regras.

"Cada vez que vemos alguém sem máscara, e isso acontece um pouco por todo o lado, é nosso dever, de todos nós, dizer 'lembre-se da máscara, por favor '. E na maioria dos casos, as pessoas simplesmente esquecem", disse ele. "Se você tiver comportamentos flagrantes que são absolutamente intoleráveis, com certeza iremos agir", finalizou.