PUBLICIDADE
Topo

COI revê decisão e fotos de protestos são postadas em contas oficiais

Jogadoras das seleções de futebol feminino de Grã-Bretanha e Chile ajoelham antes de a bola rolar na estreia nos Jogos Olímpicos de Tóquio - Masashi Hara/Getty Images
Jogadoras das seleções de futebol feminino de Grã-Bretanha e Chile ajoelham antes de a bola rolar na estreia nos Jogos Olímpicos de Tóquio Imagem: Masashi Hara/Getty Images

Do UOL, em São Paulo

22/07/2021 10h05

O Comitê Olímpico Internacional (COI) revisou a decisão e agora as redes sociais oficiais dos Jogos de Tóquio 2020 poderão publicar fotos dos protestos antirracistas. Ontem (21), segundo o jornal inglês The Guardian, a entidade havia proibido que fotos de atletas ajoelhados em manifestações antirracistas fossem veiculadas nas contas oficiais das Olimpíadas.

A primeira rodada do futebol feminino foi marcada pelos gestos de protesto contra o racismo. Jogadoras das seleções da Grã-Bretanha, Chile, Estados Unidos, Suécia e Nova Zelândia ajoelharam-se antes do início de suas partidas, mas as imagens não foram veiculadas nas redes sociais que cobriam as partidas ao vivo. De acordo com o The Guardian, a decisão de não veicular manifestações foi comunicada na terça-feira (20).

Na manhã de hoje em Tóquio, no entanto, a conta oficial dos Jogos Olímpicos publicou foto da jogadora Lucy Bronze de joelhos, entre as imagens de destaque do primeiro dia de competições.

O gesto de ajoelhar-se antes das partidas se popularizou principalmente após a morte de George Floyd, em 2020, e foi repetido diversas vezes nos campeonatos europeus no ano passado e nas partidas da Eurocopa 2020.

Já era esperado que as Olimpíadas 2020 fossem marcadas por posicionamentos políticos e sociais dos atletas, o que fez com o que COI flexibilizasse as regras quanto a manifestações. Até a Rio-2016, a regra 50 do regulamento olímpico proibia qualquer manifestação de cunho político, religioso ou social durante as competições. Agora, os gestos serão permitidos, mas continuam proibidos nos pódios e entregas de medalhas.