PUBLICIDADE
Topo

MMA


MMA

UFC: Jessica sobe de divisão de olho em furar a fila do cinturão dos moscas

Brandon Magnus/Zuffa LLC/Zuffa LLC
Imagem: Brandon Magnus/Zuffa LLC/Zuffa LLC

Brunno Carvalho

Do UOL, em São Paulo

17/10/2020 04h00

Jéssica Andrade passará por uma nova experiência no UFC hoje (17), no evento que será realizado na "Ilha da Luta", em Abu Dhabi (EAU). Ela luta pela primeira vez na organização na categoria dos moscas. E já de cara recebeu uma grande chance: seu combate será contra Katlyn Chookagian, primeira colocada no ranking da divisão.

O cenário se mostra perfeito para uma "furada de fila". Ex-campeã da divisão debaixo, a dos palhas, Jéssica acredita que uma vitória convincente poderá colocá-la como a próxima rival de Valentina Shevchenko, dona do cinturão dos moscas.

"Acredito que com uma vitória - e tem que ser uma vitória que impressione - já poderá se dizer que eu terei um pezinho no cinturão", afirmou Jessica, durante entrevista coletiva na última quarta-feira (14).

O principal desafio de Jéssica na categoria de cima será enfrentar uma rival muito maior do que ela. O 1,75m de Katlyn Chookagian representam quase 20 centímetros a mais que a brasileira, que tem 1,56m. Por isso, a "Bate-Estaca" promete novas técnicas para sua estreia nos moscas.

"É uma inovação poder lutar nessa categoria. Acho que vão ver uma Jéssica mais forte, mais decidida por vencer, com mais gana de ganhar e com um arsenal de quedas bem diferente e uma trocação bem mais agressiva. Não posso entrar no raio de ação dela que senão vai ficar ruim para mim, então tenho que encurtar e trabalhar o que eu sou melhor, que é a parte de força", explicou.

Jéssica perdeu as duas últimas lutas que fez nos palhas. Ainda campeã, foi derrotada por Zhang Weili. Depois, perdeu para Rose Namajunas por decisão dividida, em um combate que levou o prêmio de "luta da noite". Mesmo assim, a brasileira não pretende deixar os palhas de lado. Para onde o UFC quiser, ela irá.

"Nessa categoria eu estou flutuando. Quando fiz minha última luta, falei para o UFC que gostaria de lutar também no mosca e que se tivesse a oportunidade para que me colocassem. Mas nunca falei que deixaria de lutar no palha. Se der certo de disputar um cinturão no mosca, beleza, mas se não, a gente volta para o palha", completou.

A luta entre Jéssica Andrade e Katlyn Chookagian será a segunda mais importante do card de hoje. O principal duelo será entre Brian Ortega e Jung Chan-Sung, o "Zumbi Coreano". O card principal do evento está marcado para começar às 20h (de Brasília).

MMA