PUBLICIDADE
Topo

MMA


José Aldo estreia em nova categoria sendo questionado sobre corte de peso

Chris Unger/Zuffa LLC via Getty Images
Imagem: Chris Unger/Zuffa LLC via Getty Images

Brunno Carvalho

Do UOL, em São Paulo

14/12/2019 11h00

Depois da derrota para Alexander Volkanovski em maio, José Aldo decidiu que tentaria uma nova vida na categoria dos galos do UFC. Ex-campeão dos penas, o brasileiro começa sua nova trajetória na organização contra o compatriota Marlon Moraes, hoje (14), em Las Vegas (EUA). Mas a preparação para lutar em uma divisão 4,6 kg abaixo da anterior tem levantado preocupações.

Em entrevista recente ao "MMA Junkie", o ex-lutador Urijah Faber se disse preocupado com a decisão de Aldo de descer de divisão. O norte-americano levantou questões sobre a saúde do brasileiro em um processo maior de corte de peso. "Vendo-o fazendo corte de peso, eu sei que ele é mentalmente durão para conseguir isso. Mas eu não sei se isso vai ser o melhor para o seu corpo".

O brasileiro, no entanto, afirma que o corte de peso tem sido "fácil e tranquilo". "Acho que todo mundo está tomando um susto comigo. Quando eu falo o peso que eu estou, ninguém acredita pelo fato que, no peso-pena, eu batia com dificuldade. Para mim, é a coisa mais fácil. Minha cabeça é feita para isso", disse, durante encontro com jornalistas brasileiros, promovido pelo próprio UFC.

As fotos da pesagem de ontem (12) mostraram um Aldo com uma aparência diferente da que o público estava acostumado na categoria dos penas. "Acho que todo mundo já está acostumado a te ver de uma maneira e agora mudou, mas só os verdadeiros campeões sabem", prosseguiu Aldo, citando a declaração de Conor McGregor, que disse que o brasileiro estava em boa.

José Aldo e Marlon Moraes farão a quarta luta mais importante do UFC 245. O evento terá como combate principal o duelo entre Kamaru Usman e Colby Covington, valendo o cinturão dos meio-médios.

MMA