PUBLICIDADE
Topo

MMA


MMA

TJ Dillashaw admite exagero em treinos, mas nega ter lesionado ex-parceiro

Christian Petersen/Getty Images
Imagem: Christian Petersen/Getty Images

Ag. Fight

25/10/2017 16h27

Ex-campeão dos pesos-galos (61 kg) do UFC, TJ Dillashaw viu seu nome ser envolto em grande polêmica nos últimos anos após sair da Alpha Male, time que o projetou para o cenário mundial do MMA. Apontado como um parceiro de treino violento que constantemente machucava os sparrings, o americano se irritou com a recente acusação de ter abreviado a carreira de um companheiro e soltou o verbo.

A acusação partiu de Justin Buchholz, treinador principal da Alpha Mala, que afirmou que Chris Holdsworth se machucou ao receber uma joelhada de TJ na nuca e que, desde então, está impossibilitado de competir profissionalmente. A história, ainda mal contada, foi veementemente negada pelo ex-campeão.

“Eles disseram que eu fui finalizado pelo Cris e que depois acertei ele com uma joelhada na parte de trás da cabeça enquanto ele estava no chão. Então estão dizendo que eu apliquei joelhada na cabeça de alguém e arruinei a carreira dele e mesmo assim eles me queriam no time? Eles não me tiraram do time, resolveram a briga para eu ficar e ficaram nervosos que eu saí depois. Isso faz algum sentido?”, questionou o atleta durante conversa com o programa ‘MMA Hour’.

De acordo com o americano, caso a  acusação tivesse de fato alguma procedência, ele teria sido expulso da academia instantaneamente, ao invés de permanecer na Alpha Male por alguns meses até que sua preferência pelo treinador Duane Ludwig, cortado da equipe um puco antes, tornasse sua permanência inviável.

“Se eu fosse desse jeito, isso não faria sentido nenhum. Porque eles estariam nervosos comigo? Se fosse esse o caso, se eu estivesse fazendo essas coisas, eu deveria ter sido tirado do time instantaneamente. Não tem como isso ser aceitável”, garantiu.

Em meio às polêmicas, TJ se prepara para disputar o cinturão contra Cody Garbrandt, ex-parceiro de treinos na academia Alpha Male com quem dividiu o comando da última temporada do TUF, reality show do UFC. A disputa está agendada para o próximo dia 4 de novembro, em Nova York (EUA).

MMA