PUBLICIDADE
Topo

MMA


MMA

Cyborg recebe isenção retroativa e se livra de acusação de doping

Heuler Andrey/UOL
Imagem: Heuler Andrey/UOL

Do UOL, em São Paulo

17/02/2017 20h01

A Usada (Agência Norte-Americana Antidoping) anunciou que Cris Cyborg não será julgada por acusação de violação da política antidoping. Nesta sexta-feira (17), o órgão concedeu uma “isenção retroativa de uso terapêutico (TUE) e cancelou a suspensão temporária à lutadora brasileira.

No final do último mês de dezembro, a Usada havia notificado Cyborg por uma potencial violação da política antidoping. A brasileira teria sido flagrada pelo uso da substância “Espironolactona”, um diurético que impede o organismo de absorver muito sal e previne que os níveis de potássio fiquem muito baixos.

Em nota oficial, a Usada afirmou ter aceitado a explicação de Cyborg de que o uso do medicamento foi feito em final de setembro, após seu combate no UFC Brasília. A substância, porém, é proibida pela política do órgão, necessidade de uma autorização prévia. Após ter sido notificada, Cyborg, então, entrou com um pedido de isenção retroativa, que foi concedido pelo Usada.

A Usada afirmou ter aceitado o pedido de Cyborg, pois “a atleta tinha uma condição médica crônica diagnosticada e o uso do Espironalactona é o tratamento adequado”. O órgão afirmou, também, que a lutadora precisará documentar seus cuidados médicos e pedir uma renovação da isenção temporária antes que a atual expire.

O último combate de Cyborg aconteceu em setembro de 2016, quando nocauteou Lina Lansberg. Com a criação da categoria dos penas no UFC, é especulado um possível confronto dela contra a nova campeã Germaine De Randamie, que venceu Holly Holm, no UFC 208.

Horas depois da decisão da Usada, Cyborg se manifestou nas redes sociais e afirmou estar ansiosa para retornar ao octógono “logo que possível”.

“Estou extremamente feliz que a USADA tomou o tempo para analisar cuidadosamente o pedido detalhado TUE que eu submeti, e concordou que o meu uso da receita sempre foi medicamente justificado. Estou ansiosa para retornar ao octógono logo que possível, e provar que eu sou a campeã WMMA do 145lbs. Gostaria também de agradecer aos meus fãs por seu apoio contínuo, e meu Team Cyborg, que fez um tempo muito difícil mais fácil para mim”.

MMA