PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Arthur analisa momento no São Caetano e exalta grupo: 'Trabalhador, guerreiro e unido'

26/10/2021 05h55


O São Caetano segue vivo na busca pelo título da Copa Paulista. Isso porque após uma classificação histórica para a fase mata-mata, o Azulão conseguiu o empate em 1 a 1 no jogo de ida das quartas de final da competição contra o XV de Piracicaba. A equipe paulista saiu atrás no placar, mas correu atrás do prejuízo e deixou a partida da volta em aberto.

> Com duelo brasileiro, jornal espanhol escolhe os maiores clássicos do mundo

Ainda vale lembrar que o clube passa por uma importante reconstrução. Buscando sair da crise financeira e política que estava envolvido, o São Caetano reformulou a direção e o elenco, e, assim, tem conseguido um resultado positivo: após um ano, o time voltou a vencer e segue vivo na Copa Paulista.

> Veja e simule a tabela do Brasileirão

Nesse cenário de reformulação e reestruturação, o São Caetano tem contado durante a Copa Paulista com o goleiro Arthur Rosseto, que teve toda formação na Chapecoense. O arqueiro projetou o confronto da volta contra o XV de Piracicaba, analisou a passagem pelo Azulão e não poupou elogios ao grupo.

Qual é o segredo do trabalho realizado pelo grupo até aqui na Copa Paulista?

- O segredo é o dia a dia. Temos um grupo muito trabalhador, guerreiro e unido. Poucas vezes trabalhei com um grupo que todo dia busca mais e mais. A pandemia também influenciou nosso grupo. A maioria de nós passou por algum sofrimento durante esse período e agora a sensação é que todos estamos com sede de vencer.

O que o Azulão precisa fazer para superar o XV de Piracicaba no mata-mata?

- O que temos que fazer é acreditar. Já passamos pela 1ª fase de maneira histórica. Estávamos no grupo mais difícil da Copa Paulista. Ainda assim, fomos capazes de avançar. Temos time para superar o XV. O primeiro jogo foi empate e continuamos vivos.

Como tem sido a sua primeira passagem pelo São Caetano?

- Minha passagem pelo Azulão tem sido muito feliz e gratificante. A torcida abraçou o nosso elenco de uma forma muito especial. Embora o clube tenha vivido momentos difíceis, o torcedor sempre esteve do nosso lado desde quando chegamos.

- O grupo me abraçou e o clube também, O goleiro Luís que é um ídolo do clube vem me ajudando demais no dia a dia. Estou evoluindo muito aqui tanto enquanto pessoa quanto profissional.

Nesta terça-feira, o São Caetano enfrenta o XV de Piracicaba no estádio Barão da Serra Negra, pelo jogo da volta das quartas de final da Copa Paulista. A partida ocorre às 20h (horário de Brasília).

Futebol