PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Eliminado no atletismo, Altobeli Silva questiona em tom de desabafo: 'Será que vale a pena se dedicar?

30/07/2021 00h02


Fora das finais dos 3.000m em Tóquio 2020, Altobeli Silva desabafou após a eliminação no atletismo. Finalista no Rio 2016, o brasileiro terminou em 10° em sua primeira bateria eliminatória na Olimpíada. Emocionado, o paulista de 30 anos levantou dúvidas sobre o próprio treinamento e esforço para os Jogos.
+ Confira resultados do futebol masculino na Olimpíada

- Estou me sentindo muito mal. Chateado, porque sei o quanto treinei, o quanto batalhei, o quanto abri mão. É uma frustração muito grande, porque quando você não treina, não se dedica, dá "migué", vai para festinha , é uma coisa. Mas quando você abre mão de tudo isso, se isola, espera um ótimo resultado e acontece o que aconteceu, eu sinceramente fico sem entender. Minha vontade é de chorar, porque eu treinei pra caramba. Treinei muito pra estar aqui - exclamou Altobeli em entrevista ao SporTV.

Recentemente, o corredor reclamou de maus comportamentos de outros atletas brasileiros na Vila Olímpica. Altobel Silva, indignado, publicou um vídeo afirmando que em quartos vizinhos o som alto varava noites.

- Eu merecia classificar porque eu treinei pra cacete. Eu não sei o que aconteceu, porque eu endureci minhas pernas. Eu fiz os melhores treinos da minha vida! Rio 2016 eu fui finalista e não treinava o que treinava agora. Me dediquei pra caramba! É uma decepção muito grande. A ponto de você analisar, será que isso vale a pena? Se dedicar, se dedicar... - continuou.

- Se desse certo de fazer um camp com esses caras, ficar um período lá na Europa, seria excelente. É uma ideia para essa molecada promissora que está vindo aí, que tem condição de vir pra uma Olimpíada. Porque chegar aqui e entender que os caras sempre mantêm um alto nível, o que esses caras fazem de diferente? Porque eles sempre estão acertando as provas? Eu não estou devendo nada para os caras - afirmou.

Ele ainda pondera que se preparou mais que outros corredores: 'Sei o quanto os caras treinam. Tem cara que chegou na minha frente que eu treino mais que ele, cara!'.

Altobeli também não se perdoa pelo erro cometido na prova. O brasileiro acompanhava o primeiro pelotão, entretanto, após tocar num obstáculo, perdeu ritmo e foi ficando para trás.

- É duro, cara. Me cobro pra caramba, esse resultado aqui, não gostei. "Ah só de estar aqui, você é um vencedor", beleza, mas se estou aqui, por que não vou buscar mais? Porque vou ser um perdedor estando aqui? Não, se eu treinei, vou buscar mais. Se eu não treinasse, nem estaria falando nada disso. Me dediquei, sou sincero. Sou preto no branco - concluiu.

Futebol