PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Atlético-MG negocia parcerias com laboratórios para realizar testes de Covid-19 e ter torcida contra o River

28/07/2021 21h00


Após se reunir com clubes e autoridades de saúde, a prefeitura de Belo Horizonte (MG) autorizou a volta do público aos estádios da capital mineira. É mais um passo na flexibilização das atividades na cidade, apesar de ainda haver os cuidados pela pandemia da Covid-19.

O executivo da capital mineira determinou que o limite de público será de 30% da capacidade dos estádios e com apenas torcedores do time mandante.

Para acessar os jogos o torcedor terá de comprovar que está em dia com a vacina anticovid, tendo tomado duas doses ou uma, no caso do imunizante da Jansen.

Quem apresentar exame RT-PCR ou teste rápido negativo feito em um intervalo máximo de 72 horas, também poderá adentrar no Mineirão, ou Independência, os estádios da capital.

A prefeitura ainda fez as seguintes exigências: os camarotes deverão ficar fechados; todos os portões dos estádios devem ficar abertos; a venda de ingressos deverá ser apenas pela internet, com o nome e telefone de todos os compradores sendo fornecidos. Não haverá transporte público especial para levar os torcedores aos jogos.


O Galo quer ter sua torcida e começou a trabalhar para isso, pois no âmbito internacional, a a Conmebol autorizou a presença de público desde que as cidades-sede tenham autorização das suas autoridades. Na semana passada, o Flamengo encarou o Defensa y Justicia com torcedores, em Brasília. Assim, a partida entre Atlético-MG x River Plate, que será disputada no dia 18 de agosto, às 21h30, no Mineirão, pelo duelo de volta das quartas de final da Libertadores, pode ter a presença de atleticanos.

E, o alvinegro está até negociando com laboratórios da capital mineira para que o seu torcedor tenha benefícios para fazer exames mais baratos e conseguir ir ao estádio. Um comunicado sobre o assunto foi veiculado pelo Galo. Confira

Futebol