PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Cannavaro e equipe do Guangzhou Evergrande ficam presos em hotel por doze dias, diz jornal

15/01/2021 17h27

O treinador Fabio Cannavaro foi envolvido em um grande acidente diplomático no em Doha, no Qatar. Segundo o jornal italiano Gazzetta dello Sport, Cannavaro e os jogadores do Guangzhou Evergrande ficaram presos em um hotel por doze dias.

Veja a briga no título italiano na tabela da Serie A

Os doze dias no hotel teriam sido um suposto "castigo" da direção do Guangzhou Evergrande ao treinador e aos jogadores após a equipe perder a final do Campeonato Chinês para o Jiangsu Suning, em novembro, e ser eliminada para o Suwon Bluewings em dezembro na Liga dos Campeões Asiática.

A Gazzetta dello Sport revela que Cannavaro procurou a embaixada italiana para resolver a situação, alegando que havia sido sequestrado. O clube chinês, por sua vez, afirma que estava cumprindo os protocolos relacionados ao Covid-19.

Fabio Cannavaro está em sua segunda passagem pelo Guangzhou Evergrande, e desde que voltou ao clube chinês, em novembro de 2017, treinou o time em 112 ocasiões, vencendo um Campeonato Chinês e uma Supercopa da China.

Futebol