PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Presidente do Botafogo, sobre volta do público: 'Precisa contemplar os clubes sob os mesmos critérios'

19/09/2020 15h59

A volta do público aos estádios voltou à pauta. Na última sexta-feira, a FERJ debateu em permitir 30% da presença total em partidas realizadas no Rio de Janeiro a partir de outubro. O debate, é claro, chegou aos ouvidos do Botafogo. Nelson Mufarrej, presidente do Alvinegro, não concordou com a ideia de primeira.

O mandatário do Glorioso afirma que é preciso ter igualdade no Brasileirão. Ou seja, ter público em partidas em todo o Brasil ou não liberar a presença da torcida. Além disso, Mufarrej ressaltou que é preciso haver um acompanhamento dos órgãos responsáveis de saúde.

- O Botafogo defende o princípio da isonomia, uma premissa básica quando se fala em competição. É uma discussão que precisa contemplar o coletivo, ou seja, todos os clubes e os cenários vivenciados em todo o país, sob os mesmos critérios. É imprescindível que haja o respaldo dos órgãos de saúde e que ocorra sem açodamentos - afirmou o presidente.

Por enquanto, nada está decidido. O Campeonato Brasileiro continuará sem público até, pelo menos, o fim de setembro. O Botafogo enfrenta o Santos neste domingo, às 18h15, no Estádio Nilton Santos.

Futebol