PUBLICIDADE
Topo

Futebol


Com Claus no apito, São Paulo espera fim dos erros de arbitragem

19/02/2020 16h41

Raphael Claus, árbitro Fifa de 40 anos, será o responsável pelo apito no jogo entre Oeste e São Paulo, às 16h30 de sábado, na Arena Barueri. A escolha agradou ao Tricolor, já que trata-se de um profissional experiente após três jogos em que a equipe foi prejudicada no Paulistão.

O São Paulo começou a sofrer com o apito no empate por 1 a 1 com o Novorizontino, no Morumbi: teve dois gols mal anulados e dois pênaltis não marcados por Flávio Roberto Mineiro Ribeiro, de 24 anos, que foi afastado de partidas da Série A1 para "reciclagem". Na derrota por 2 a 1 para o Santo André, em que o árbitro foi Vinicius Gonçalves Dias de Araújo, 41 anos, não foi marcado impedimento no primeiro gol da equipe do ABC. No último sábado, no empate sem gols com o Corinthians, Douglas Marques das Flores, 34 anos, deixou de marcar um pênalti de Camacho em Igor Gomes.

A diretoria do São Paulo fez cobranças duras à Federação Paulista. No sábado, Raí e Lugano deram entrevistas repudiando a sequência de erros e pedindo critérios melhores na escolha dos árbitros - além de terem pressionado Douglas Marques na saída do campo, o que deve levar Lugano a julgamento no TJD. O clube também fez representações formais e enviou quatro representantes para o sorteio da sétima rodada, na última terça.

- Não é amenizar os erros, é não errar. Foram cinco pontos que ficaram para trás. Poderíamos estar em uma situação mais confortável. É um árbitro experiente, um dos melhores que temos no nosso país. Que ele possa ser justo, é o que nós queremos - disse Vitor Bueno, nesta quarta-feira.

Marcelo Carvalho Van Gasse, 43 anos, e Miguel Cataneo Ribeiro da Costa, 34, serão os auxiliares de Claus em Barueri.

Futebol